Leia também:
X 4 características da mulher tola

Influenciadora tenta não fofocar e causa alvoroço nas redes sociais

A afirmação da moça gerou memes como se fosse um absurdo não falar da vida alheia

Renato Vargens - 27/05/2021 11h17

Há pouco, eu soube que a influenciadora Mariana Uhlmann, esposa do ator Felipe Simas, postou que eles tentam não fofocar.

Pois é! Até aí tudo bem. A questão é que a afirmação da moça gerou um enorme alvoroço, como se fosse um absurdo não falar da vida alheia.

Ao ler esse texto, talvez você esteja a pensar consigo mesmo: “Ah, mas qual é o problema nisso? A vida é tão sem graça. Não vejo problema em conversar sobre a vida dos outros”.

Mariana virou meme e precisou se explicar
Ela postou versículos sobre fofoca

Fofocar é desqualificar a vida alheia. Por favor, pare e pense: O que lhe é acrescentado de bom por meio da fofoca? Para que falar aos quatro cantos que fulano é murmurador, que beltrano está endividado, que sicrana é invejosa ou que o irmão fulano de tal caiu?

Ora, meu amigo, afirmo categoricamente que fofocar, além de ser um grande desperdício de tempo, não contribui em nada para nosso bem-estar mental e espiritual, sobretudo se o conteúdo da fofoca comprometer a vida pessoal, familiar e profissional da vítima.

Pouco tempo atrás, alguém me procurou com uma grande bomba, dizendo: “Pr. Renato, você já soube da última do meio gospel? Soube quem caiu?” Naquele instante, além de não querer ouvir sobre as possíveis mazelas de um irmão em Cristo, confesso que fiquei incomodado com o prazer da pessoa em espalhar a quantos pudesse a possível derrota de alguém.

Caro leitor, posso lhe dar um conselho simples? A fofoca é pecado. Fuja dela! Cuidado com ela! Lembre-se: “a língua é um fogo” (Tiago 3.6). Isso sem falar que a disseminação de uma notícia falsa, inverídica, pode produzir danos irreparáveis. Além disso, cuidado para que a sua alegria, ao saber que o seu irmão caiu, não produza no Senhor indignação por sua falta de compaixão e misericórdia!

Isto posto, preste atenção, gaste o seu tempo com a Palavra de Deus, edifique-se com estudos bíblicos e deixe de lado sites desse tipo, que, ao noticiarem pecados do seu irmão, pecam contra o Eterno, expondo a fraqueza do pecador para divertimento de leitores.

É o que penso; é o que digo!

Renato Vargens é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, no Rio de Janeiro e conferencista. Pregou o evangelho em países da América do Sul, do Norte, Caribe, África e Europa. Tem 31 livros publicados em língua portuguesa e um em língua espanhola. É membro dos conselhos do TGC Brasil e IBDR.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Bráulio Bessa, do Encontro, está internado com coronavírus
2 Após não ser convocado, Silas Malafaia chama Aziz de arregão
3 Igreja brasileira levanta clamor por cristãos perseguidos
4 Malafaia diz que é processado por PT, Freixo, Xuxa e Thammy

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.