Sequestrador morto e o comportamento do cristão

Renato Vargens - 20/08/2019 12h58

Atirador aproveitou a saída do sequestrador e atirou contra o criminoso Foto: EFE/Antonio Lacerda

Ninguém fica satisfeito com a morte de uma pessoa. A morte do sequestrador foi um triste desfecho. Contudo, diante de uma iminente tragédia, e possível morte de dezenas pessoas, a polícia militar agiu corretamente atirando no sequestrador. À luz das Escrituras o papel do estado é proteger as pessoas de bem e punir a maldade, o que foi feito corretamente pela PMERJ.

Que Deus tenha misericórdia do Rio de Janeiro.

Renato Vargens é pastor, conferencista, tendo já pregado o Evangelho em países da América do Sul, Norte, Caribe, África e Europa. É escritor, com 24 livros publicados em língua portuguesa e 1 em língua espanhola. É também colunista e articulista de revistas, jornais e diversos sites protestantes, editor do site renatovargens, pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói e membro do conselho da Coalizão pelo Evangelho (TGC).

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo