Leia também:
X Apenas um toque

Dicas aos pais cujos filhos estão com depressão

O que devo fazer para ajudar o meu filho que se encontra num processo de depressão?

Renato Vargens - 12/10/2020 11h43

Depressão na adolescência é mais comum do que possamos imaginar. De fato, a quantidade de meninos e meninas que sofrem deste mal é impressionante.

A depressão na adolescência é um problema sério que afeta todos os aspectos da vida de um adolescente. Depressão na adolescência pode levar o rapaz ou a moça ao consumo de drogas, álcool, a cometerem automutilação, violência e até mesmo suicídio.

Ao ler esse texto talvez você esteja perguntando: O que devo fazer para ajudar o meu filho que se encontra num processo de depressão?

Visando ajudar a estes pais elenco algumas dicas:

1. Procure um médico e siga as suas orientações. Isso é fundamental para a restauração da saúde de seu filho. Não tente resolver esse problema sem ajuda profissional.

2. Converse com ele sobre depressão. Lembre-se que conversar não significa gritar, espernear ou até mesmo acusá-lo. Mesmo porque, seu filho não ficou deprimido por que assim desejou.

3. Seja amigo e parceiro do seu filho. Desenvolva com ele um relacionamento absorto em empatia e companheirismo.

4. Ore com e por ele. A oração é fundamental nesse processo.

5. Leia a Bíblia, com e para ele. Lembre-se que a lei do Senhor é perfeita e restaura a alma.

6. Ame-o incondicionalmente.

7. Cobre menos, seja mais compreensivo quando ele cometer um erro.

8. Procure ajuda pastoral e aconselhamento cristão.

9. Procure descobrir naquilo que você pode mudar em casa para tornar o ambiente do seu filho mais agradável e menos estressante.

Renato Vargens é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, no Rio de Janeiro e conferencista. Pregou o evangelho em países da América do Sul, do Norte, Caribe, África e Europa. Tem 26 livros publicados em língua portuguesa e um em língua espanhola. É membro dos conselhos do TGC Brasil e IBDR.
* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.