Leia também:
X 4 razões pelas quais os cristãos são odiados e perseguidos

Che Guevera: Um dos maiores facínoras do século XX

Ele tem sido reverenciado por comunistas que mentem sobre o médico argentino

Renato Vargens - 05/08/2020 12h40

Che Guevara Foto: Pixabay

Por incrível que pareça é possível encontrar cristãos vestindo camisas com a foto do guerrilheiro Che Guevara. Esse senhor foi um comunista convicto e costumava dizer que a solução para os problemas do mundo estava no regime dos países da “Cortina de Ferro”, principalmente na antiga União Soviética.

Idolatrado pelas esquerdas, Guevara tem sido reverenciado por marxistas e comunistas que descaradamente mentem sobre o médico argentino. Isso mesmo! Provavelmente aquilo que seu professor de história falou sobre ele não é verdade, isto porque, esse sujeito foi um dos maiores facínoras do século XX.

Além de racista e homofóbico, ele sentia prazer em matar no paredão todos os seus adversários, visto que era um assassino cruel e sanguinário. Ele treinou e comandou pelotões de fuzilamento que executaram milhares de homens, mulheres e crianças considerados inimigos do povo pelo novo regime de Fidel Castro. Ademais, possuía um caráter da pior estirpe e disse muitas idiotices, aberrações e loucuras absortas em preconceito e malignidade.

Pois é, apesar disso, Guevara é adorado pela esquerda brasileira. Nas universidades por exemplo seu rosto encontra-se impresso nas camisas de alunos que foram cooptados por professores comunistas. Além disso, em Maricá, no estado do Rio de Janeiro, um hospital ganhou o seu nome, fazendo do criminoso, um herói.

Guevara também dizia que para enviar homens ao pelotão de fuzilamento, a prova judicial é desnecessária. Estes procedimentos são um detalhe burguês arcaico. Esta é uma revolução! E um revolucionário deve converter-se em uma fria máquina de matar motivado pelo ódio puro.

Isto posto, tire da cabeça de que esse indivíduo é um modelo a ser seguido e admirado. Muito pelo contrário, ele é a antítese da decência, honestidade e moralidade.

Renato Vargens é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, no Rio de Janeiro e conferencista. Pregou o evangelho em países da América do Sul, do Norte, Caribe, África e Europa. Tem 24 livros publicados em língua portuguesa e um em língua espanhola. É também colunista e articulista de revistas, jornais e diversos sites protestantes.
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.