CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X 3 itens importantes para o seu planejamento financeiro!

A morte da cantora Fabiana Anastácio e o deboche de alguns

Os lacradores foram implacáveis, pérfidos e desafeiçoados

Renato Vargens - 05/06/2020 10h45

Muito triste saber da morte de tantas pessoas pelo Covid-19. Quem mora nos grandes centros urbanos possivelmente conhece alguém que foi vencido pelo vírus.

Ontem o mundo evangélico lamentou a morte da cantora Fabiana Anastácio, contudo, para nossa tristeza e vergonha, não foram somente lamentos que lemos nas redes sociais. Houve também deboches à fé da moça e ao cristianismo por ela professado.

Infelizmente os lacradores que costumam defender o que chamam de minoria somente o fazem quando lhes interessa. Quando não, são implacáveis, pérfidos, desafeiçoados e capazes de mesmo em meio a dor de alguém que perdeu um familiar, produzir acintes e deboches contra a aparência e fé daqueles que desprezam.

Verdadeiramente, o vento que sopra cá, não sopra lá. Em outras palavras os que pensam ser tolerantes e que falam tanto em tolerância, mostram-se intolerantes com aqueles que exigem ser tolerantes.

LEIA TAMBÉM
+ Relembre papo com Fabiana Anastácio: “Sou muito amada”
+ Reveja trajetória de sucesso de Fabiana Anastácio
+ “Voz ungida”, relata equipe de Fabiana Anastácio
+ Famosos lamentam a morte de Fabiana Anastácio
+ Enterro de Fabiana Anastácio é marcado pela emoção

Caro leitor, diante desde fato extremamente lamentável é inevitável não lembrar do apóstolo Paulo em sua carta a Timóteo ao dizer que dizer que os últimos dias seriam terríveis.

“SABE, porém, isto; que, nos últimos dias, sobrevirão tempos trabalhosos; Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.” (2 Timóteo 3:5)

Que Deus console e conforte a família enlutada e encha os nossos corações de esperança de que aqueles que morrem em Cristo, viverão eternamente ao lado do seu Salvador.

Renato Vargens é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, no Rio de Janeiro e conferencista. Pregou o evangelho em países da América do Sul, do Norte, Caribe, África e Europa. Tem 24 livros publicados em língua portuguesa e um em língua espanhola. É também colunista e articulista de revistas, jornais e diversos sites protestantes.
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo