A Igreja não pode se calar diante da pedofilia

Se enganam aqueles que pensam que nossas crianças, dentro das igrejas, estão livres desse mal

Renato Vargens - 25/07/2018 10h16

A pedofilia é um dos mais graves problemas em nossa sociedade. Lamentavelmente, ao contrário do que gostaríamos, nossas igrejas estão repletas de relatos de crianças e adolescentes que sofreram ou sofrem com a pedofilia.

Infelizmente não são poucas as crianças que vivem uma vida de horrores, sofrendo as agruras de uma relação despótica, ditatorial e pervertida por parte dos seus pais e familiares. Segundo as estatísticas, nosso país encontra-se entre os que mais sofrem com a pornografia infantil. Para nossa tristeza e vergonha, centenas de casos de abuso sexual infantil podem estar acontecendo onde menos se espera. E para quem pensava que a igreja nunca sofreria desse mal, se enganou.

Pois é, lamentavelmente não são poucos aqueles que sofrem abusos sexuais tendo suas vidas marcadas para sempre. Quantos, por exemplo, não vivem um “inferno” na alma em vista de um abuso sofrido? Quantos não carregam no peito a dor de terem sido vítimas de uma ataque pedófilo?

Isto posto, penso não dá para ficar calado diante um absurdo desse quilate. Sem a menor sombra de dúvida a Igreja de Cristo não pode se omitir diante de tamanho descalabro. Ao contrário de alguns, acredito piamente que, aqueles que acobertam os que cometem atos de pedofilia pecam contra a Santidade de Deus. Além, é claro, de consentir de forma velada, com a dor daquele que foi violentado sexualmente. Ademais, na minha perspectiva, penso que a pedofilia é um dos crimes mais hediondos que alguém pode cometer e que aqueles que cometem essa aberração precisam ser presos e punidos com o rigor da lei.

Pense nisso!

Renato Vargens é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, no Rio de Janeiro e conferencista. Pregou o evangelho em países da América do Sul, do Norte, Caribe, África e Europa. Tem 24 livros publicados em língua portuguesa e um em língua espanhola. É também colunista e articulista de revistas, jornais e diversos sites protestantes.