Leia também:
X A avalanche de ações LGBT em reação às pautas conservadoras

Ideologia de gênero? Homem amputa partes do corpo para parecer um alienígena

Em seu anúncio mais recente, ele comunicou que amputou dois dedos

Marisa Lobo - 23/11/2021 15h55

Homem amputa partes do corpo para parecer um alienígena Foto: Arquivo pessoal

Sem dúvida, a população em geral já ouviu falar sobre a ideologia de gênero e tem alguma noção a esse respeito. Mas, na cabeça da maioria das pessoas, o assunto parece resumir-se às definições sexuais entre meninos e meninas, homens e mulheres. Mas a triste realidade – como se isso já não fosse trágico o suficiente – é que essa problemática vai muito além, e a história do francês Anthony Loffredo é mais uma prova disso.

Loffredo é um francês que vem transformando o seu corpo de forma cada vez mais drástica, a fim de parecer um “Alien Negro”. Na verdade, não se trata de um desejo sobre aparência, mas sobre autopercepção. Ou seja, ele literalmente se enxerga como um alienígena.

Em seu anúncio mais recente, Loffredo comunicou que amputou o dedo mínimo e o anelar. Sim, isso mesmo, e estas não foram as únicas amputações. Segundo informações do jornal Extra, no ano passado ele removeu as orelhas e parte dos lábios.

E, infelizmente, o caso do francês também não é o único. Nos Estados Unidos, um rapaz que hoje deve estar com 26 anos, chamado Vinny Ohh, natural de Los Angeles, na Califórnia, já realizou mais de 110 procedimentos diferentes de transformação corporal para se transformar em um “alienígena sem gênero”.

Quero mais uma vez reforçar que não se trata de mera opção estética. Não é algo como alguém que deseja fazer uma tatuagem ou colocar um piercing, sem qualquer comprometimento de identidade. Aquelas pessoas realmente se enxergam como “aliens” (assim como há casos reais de quem acredita ser um “cachorro” ou um “cavalo”, por exemplo). Isto significa que esses indivíduos sofrem de transtorno mental. (Alguns destes transtornos são chamados de zoantropia.)

Ideologia de gênero?
Mas, afinal, qual é a relação de casos como o de Loffredo e Vinny Ohh com a ideologia de gênero?

É simples: se o ser humano não possui uma natureza biológica determinada – a qual é responsável, entre outras coisas, pela definição do seu sexo como macho ou fêmea -, também não há motivo para dizer que a própria espécie humana é imutável.

O que caracteriza e distingue a espécie humana em relação aos outros seres?

Obviamente, é a natureza biológica, pois, antes mesmo de nos tornarmos seres sociais – e, portanto, culturais -, somos biologicamente humanos. A formação biológica e toda a sua predefinição antecedem a formação do ser cultural, leia-se de gênero!

No entanto, uma vez que a ideologia de gênero elimina a natureza biológica como definidora dos sexos, substituindo o papel da genética pela cultura, pelo discurso e pela autopercepção, consequentemente a mesma tese serve para embasar a maneira como Loffredo e Vinny se enxergam, já que tudo se resumiria à subjetividade sobre a maneira como essas pessoas se “sentem”, e não sobre o que elas realmente são.

Por essa razão, a amputação dos dedos de Loffredo, conceitualmente falando, não é diferente de quem retira os seus seios, o útero ou o pênis, para se enxergar corporalmente mais parecido possível com o sexo oposto. Para um, a negação da natureza biológica é por questão de espécie (humana x alienígena). Para outro, a negação é por questão de sexualidade (macho x fêmea).

Por fim, o que estamos vendo crescer no mundo é uma geração de pessoas cada vez mais confusas, carentes de sentido e de autocompreensão. Isso, ao lado do ativismo ideológico de gênero, tem provocado uma verdadeira pandemia de conflitos emocionais dos mais diversos, que, em casos como o de Loffredo, ilustram o quanto a sociedade pós-moderna precisa de Deus.

Marisa Lobo possui graduação em Psicologia, é pós-graduada em Filosofia de Direitos Humanos e em Saúde Mental e tem habilitação para Magistério Superior.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Mauricio Souza responde a declarações de Pabllo Vittar
2 “Nós lutamos contra um inimigo que quer tirar nossas liberdades”
3 Brinquedo gera polêmica por ter cores associadas a grupos LGBT
4 Série da Netflix ensina ideologia de gênero a crianças
5 Pastores criticam Superman bissexual: 'Destruição da família'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.