Leia também:
X O Globo e sua falta de compromisso com a verdade

Crianças no funk: A proteção dos filhos começa em casa, pelo exemplo dos pais

A proteção dos filhos começa em casa, pelo exemplo dos pais

Marisa Lobo - 22/02/2022 13h07

Vídeo de mãe indo atrás da filha, que dança funk, viraliza

Vi, no dia de ontem, um vídeo que viralizou nas redes sociais. Nele, uma mãe supostamente vai buscar a sua filha em um local onde esta participava do que parecia ser a gravação de um clipe musical. No entanto, a garota estava fazendo uma dança que simula movimentos eróticos ao estilo do funk “pancadão”, como chamam os adeptos do gênero musical.

Visivelmente revoltada, a mãe da garota precisou enfrentar até mesmo o grupo de pessoas que estava fazendo a gravação, incluindo outras garotas, para só então conseguir arrastar a filha para fora do local, supostamente o pátio de uma escola, segundo informações que circulam nas redes sociais.

Não sei os detalhes envolvendo o contexto da situação, mas uma coisa é certa: a mulher que aparece indo buscar a filha tomou uma atitude que todos os pais deveriam tomar em casos desse tipo. Porém, quero chamar atenção para algo que vai além disso, sendo ainda mais importante: o exemplo vem de casa!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Marisa Lobo (@marisa_lobo)

O exemplo vem de casa
É louvável a iniciativa da senhora que aparece no vídeo; portanto, presto-lhe a minha solidariedade. Mas, como psicóloga e autora de um livro chamado Limites – O caminho para o equilíbrio emocional dos seus filhos, preciso dizer que esse tipo de situação não surgiu da noite para o dia.

Quando uma criança ou adolescente chega a frequentar ambientes nocivos (como o de bailes de funk “pancadão”) ou a submeter-se a situações deploráveis (como a que vimos na gravação), isto indica que a família errou em algum momento durante o desenvolvimento educacional do menor.

Por outro lado, quando os limites morais são ensinados ao menor na fase correta, os frutos são colhidos lá na frente, durante a adolescência e por toda a vida, e isso começa pelo exemplo dos pais dentro de casa.

Por favor, entendam! Não estou querendo dizer que a mãe que aparece nas imagens tem alguma culpa. Precisamos compreender o contexto de vida de cada família antes de emitir qualquer julgamento pessoal.

Existem pais e mães extremamente dedicados, honestos e moralmente exemplares, mas que, devido a vários fatores, como a necessidade de trabalho fora de casa, dificuldades de moradia, interferência dos parentes, vizinhos e etc., ainda assim “perdem” os filhos para o mundo.

Mas, em todo caso, a regra bíblica geral é que, quando você “ensina a criança no caminho em que deve andar” (Provérbios 22:6), ela dificilmente se desviará desse caminho no futuro – e este ensino começa pelo exemplo dos próprios pais.

Que tipo de conteúdo musical você ouve em sua casa? Quais são os programas de TV a que você assiste e deixa os seus filhos assistirem? Quais são as suas amizades? Que tipo de ambiente você frequenta nos finais de semana? São coisas desse tipo, coisas simples, que servem para modelar o comportamento e as preferências dos seus filhos.

Ofereça aos seus filhos bons conteúdos o quanto antes, já na primeira infância. Cultura, por si só, não é sinônimo de coisa boa, pois também existe cultura ruim. E é dever dos pais selecionar o que as crianças podem ver, ouvir e praticar, impondo a elas limites claros desde cedo, para que situações como essa, que vimos na gravação, não se tornem pesadelos no futuro.

Marisa Lobo possui graduação em Psicologia, é pós-graduada em Filosofia de Direitos Humanos e em Saúde Mental e tem habilitação para Magistério Superior.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Bolsonaro debocha da Globo: “Traficantes estão civilizados”
2 'Retorno que policiais dão compensa gasto com salários'
3 Para especialista ouvida pela Globo, queda de homicídios é 'culpa' de bandidos
4 Em protesto, servidores de segurança xingam a Globo: 'Lixo'
5 Valandro sobre Bolsonaro: "Acho que ele será reeleito no 1° turno"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.