Leia também:
X Cristão pode ir ao psicólogo? #6

Em tempos de coronavírus a moda é ter solidariedade

Se paga mais por pessoas que rebolam do que para um cientista

Marie Lafayette - 27/03/2020 16h44

Vejo que esse vírus é sobre pensar no próximo e aprender a compartilhar o que se tem. Não só com familiares, mas também com pessoas que moram em áreas carentes. Sugiro que cada um doe um pouco do que tem.

Acredito que esse seria um excelente momento para artistas estenderem as mãos nas suas cidades. Muitos músicos ganharam fortunas com o povo, é a hora de retribuir àqueles que fizeram tanto.

Jogadores de futebol têm salários astronômicos e podiam ajudar aos mais necessitados. Sei que muitos atletas já estão doando dinheiro para seus países, assim como Messi que fez uma doação de R$ 5,5 milhões para ajudar dois hospitais e Cristiano Ronaldo e seu empresário, que doaram R$ 27 milhões para Portugal. O grande estilista Georgio Armani doou cerca de R$ 6.6 milhões para a Itália.

A crise econômica já é um fato, vivemos em um país onde muitos brasileiros são autônomos e com certeza muitos já devem estar praticamente sem comida em casa, com filhos para sustentar. Por isso digo que chegou o momento em que cada um deve compartilhar o que tem com o próximo.

É muito fácil ficar dentro de uma casa confortável onde existem alimentos e internet, mas e o trabalhador que não terá comida dentro de poucos dias em suas casas?

Vivemos em um tempo que se paga mais por pessoas que rebolam em seus shows, do que para um cientista ou um médico que salva vidas e passa anos a estudar em prol da saúde e da cura de doenças.

A moda agora é refletir e compartilhar, se cada um fizer um pouco, podemos escrever uma história diferente e sair dessa com corações cheio de amor.

Marie Lafayette é estilista formada na Esmod Paris. Trabalhou em diversos países como França, Espanha, Itália e Estados Unidos. Há 12 anos atende no Marie Lafayette Atelier Haute Couture, no Rio de Janeiro e em São Paulo.
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.