Conheça a integrante mais fashionista da realeza 

Rania se mostra muito mais ousada que Kate Middleton e Meghan Markle

Marie Lafayette - 19/06/2019 16h09

Você já ouviu falar em rainha Rania, esposa do rei Abdullah II da Jordânia? Aos 48 anos, a rainha é um ícone fashion. Dentre os membros da realeza, Rania se mostra muito mais ousada que Kate Middleton e Meghan Markle, limitadas à etiqueta britânica.

Quem ela é? De onde veio? Quais são os seus valores? São muitas perguntas em torno da rainha Rania. Hoje você vai conhecer um pouco dela, que foi eleita uma das mulheres mais poderosas do mundo pela revista Forbes.

Rania se tornou rainha aos 28 anos, foi a mais jovem rainha do mundo. Em 2005, a revista americana Harper’s Bazaar a elegeu como a terceira mulher mais bonita do mundo. Mas ela é muito mais que uma rainha ou um ícone de moda.

O estilo de Letizia, rainha da Espanha, é muitas vezes comparado ao de Rania. Recentemente, Melania Trump, a primeira-dama dos Estados Unidos também foi comparada à rainha.

Considerada uma das mulheres mais bem vestidas do mundo pela revista Vanity Fair, ela não é uma bonequinha de luxo. Por diversas vezes apelou às mulheres árabes que julguem antes o que está no interior da sua cabeça em vez do que está por cima.

É impulsionadora da Semana de Design de Amman, um projeto criado para potenciar as artes do Reino de Hachemita. Em 2013, entregou um prêmio a Malala, a jovem paquistanesa que foi atingida com um tiro na cabeça por defender a educação feminina. Está presente em fóruns internacionais relacionados com questões ambientais e de direitos dos animais. Rania é defensora dos direitos dos ursos polares, por exemplo.

É defensora eminente da UNICEF desde 2007 e presidente mundial honorária das Nações Unidas para a Educação das Mulheres. A rainha Rania, da Jordânia, quer mudar os estereótipos que estigmatizam o mundo árabe.

Linda e carismática, Rania está disposta a provar que o Islã e o mundo moderno não só podem conviver, como podem se dar bem. Sua imagem é a melhor prova disso. Ela tem força e determinação no seu comportamento para mudar estereótipo das mulheres árabes. As princesas e rainhas dos dias de hoje estão cada vez mais reais, são mulheres que pensam e buscam ser muito mais além que um simples conto de fadas.

Marie Lafayette é estilista formada na Esmod Paris. Trabalhou em diversos países como França, Espanha, Itália e Estados Unidos. Há 12 anos atende no Marie Lafayette Atelier Haute Couture, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo