A moda vai além da beleza!

O consumo fast fashion, com padrões de beleza extremamente elevados, já era

Marie Lafayette - 09/07/2019 13h43

O consumidor mudou. A moda agora é lifestyle, tem que agregar valores e tem como objetivo conectar pessoas e acolher diferentes estilos.

Vestir-se não é um ato momentâneo, e sim um ato de confiança. A roupa deve ser duradoura e atemporal. O clássico retorna mais forte do que nunca, não se acredita mais em uma cultura do momento, que não trás confiança e com padrões estéticos impossíveis de serem sustentados.

O consumo fast fashion, com padrões de beleza extremamente elevados, já era. O que muita gente precisa entender, é que ninguém vive em uma capa de revista 24 horas por dia. Esse mundo fútil e vazio de imagens fakes, de um consumo de likes e seguidores, não nos faz ser moda de fato, apenas efêmero.

Além disso, os recursos do nosso planeta estão se esgotando, então temos que pensar onde queremos viver daqui alguns anos e que história devemos escrever.

A minha dica aqui é seja real. Não é só a indústria da moda que deve cumprir esse papel. Na era do consumo consciente, que tal você fazer mais pelo mundo escolhendo a melhor moda que você vai consumir?

Até semana que vem!

Marie Lafayette é estilista formada na Esmod Paris. Trabalhou em diversos países como França, Espanha, Itália e Estados Unidos. Há 12 anos atende no Marie Lafayette Atelier Haute Couture, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo