A moda está se unindo pelo bem do planeta

As grandes marcas da moda deram grandes passos para reduzir o uso de peles em suas linhas e agora estão fazendo um esforço para reduzir ou eliminar plásticos também

Marie Lafayette - 17/04/2019 15h22

Até 2050 a previsão é que o oceano terá mais peso em plástico do que em peixes Foto: Pixabay

Hoje vamos falar de um assunto muito importante.

É deprimente que a cada ano joguemos fora milhões de toneladas de plástico. De acordo com a ONU, 80% de todo o lixo marinho é composto por plástico e a estimativa é que, em 2050, a quantidade de plástico na água supere a de peixes. É resíduo suficiente para dar voltas no planeta. Desse número, 50% do material foi usado apenas uma vez. O plástico acaba emitindo gases de efeito estufa a partir de um aterro, ou se tornando parte da ilha de lixo em massa flutuando no Pacífico.

Como o governo americano é atualmente governado por negadores da mudança climática, parece que as empresas precisam fazer mudanças éticas por vontade própria. É o que, aos poucos, vem sendo feito. As grandes marcas da moda deram grandes passos para reduzir o uso de peles em suas linhas e agora estão fazendo um esforço para reduzir ou eliminar plásticos também.

Em outubro do ano passado, os figurões Burberry, Stella McCartney e H&M assinaram o Compromisso Global por uma Nova Economia do Plástico (fruto da iniciativa New Plastics Economy). Liderado pela Fundação Ellen MacArthur, em colaboração com a ONU, um dos objetivos é garantir que todas as embalagens dessas empresas possam ser recicladas com segurança até 2025.

A Fundação acaba de publicar um novo relatório que estabelece objetivos mais específicos. Nos próximos seis anos, a Burberry, por exemplo, pretende que todas as suas embalagens plásticas sejam reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis.

A grife já removeu a laminação plástica de suas sacolas e, com isso, diminuiu cerca de 20 toneladas de resíduo. O plano para 2019 visa ainda mais. A Burberry se comprometeu em reciclar cabides de varejo descartados para serem reutilizados, e usará material 100% biodegradável.

Se cada um fizer um pouco, teremos um mundo melhor e mais sustentável.

Marie Lafayette é estilista formada na Esmod Paris. Trabalhou em diversos países como França, Espanha, Itália e Estados Unidos. Há 12 anos atende no Marie Lafayette Atelier Haute Couture, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo