Top 7: Os textos mais lidos da coluna em 2018. Veja!

Terrorista de Minas Gerais, GloboLixo, Paulo Gustavo e outros destaques da coluna Conservadorismo

Marco Feliciano - 30/12/2018 11h32

Alô, irmãos, alô, amigos! Separamos os sete textos mais lidos aqui na coluna Conservadorismo, meu espaço no site Pleno.News. Espero que aproveitem e desejo um 2019 de felicidades e realizações a todos vocês.

1. Quem está por trás do terrorista de Minas Gerais?
Com grande responsabilidade, trouxe uma análise sobre os fatos políticos decorrentes do atentado terrorista do qual foi vítima o então candidato Jair Bolsonaro. Parte da imprensa vendida tentou pintar o terrorista de Minas Gerais como um lobo solitário e insano, como se fosse um coitado que apenas quis dar um susto em um candidato a quem ele se opunha. Leia aqui.

2. Globolixo ataca novamente: Beijo gay entre adolescentes
Viemos, durante tantos anos, combatendo os ataques vis aos nossos jovens, mas a Rede Globolixo de Televisão insiste em tentar nos contaminar. Em outubro, tal qual um bicho de peçonha que, encurralado, se inocula com o próprio veneno, a emissora transmitiu um beijo gay entre dois rapazes, em horário infantojuvenil. Uma verdeira agressão. Leia aqui.

3. Estudante é expulso de sala de aula após dizer que só existem dois gêneros
Após se expressar, o estudante recebeu um documento o acusando de “contestação desrespeitosa”, de “falar fora da sua vez”, de “explosões de raiva”, e de fazer referências desrespeitosas à validade da identidade da experiência trans. Leia aqui.

4. A Bíblia continua incomodando o maligno
Amo a Bíblia, pois é ela que nos traz a verdadeira Palavra de Deus. Tanto que esse livro sagrado, após milênios, continua atual e incomodando o maligno. Prova disso foi a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo. A mais alta Corte do estado determinou à Prefeitura da cidade de Praia Grande, na Baixada Santista, que remova as inscrições bíblicas no obelisco que enfeita a Praça da Bíblia da cidade. Leia aqui.

5. Pastora esquece de Jesus e usa a Bíblia para tentar justificar o aborto
A ministra Rosa Weber marcou um debate com especialistas na audiência pública sobre descriminalização do aborto até a 12ª semana de gestação. Fiz ressalva sobre a explanação da pastora luterana Lusmarina Campos Garcia, que surpreendeu ao usar a Bíblia Sagrada para tentar justificar o aborto, falando numa estranha “leitura hermenêutica das Escrituras a partir da perspectiva de gênero”. Leia aqui.

6. A depressão é causada por uma doença ou por demônios?
Aqui falei sobre o desserviço de alguns órgãos de imprensa de nosso país. Marcelo Zorzanelli, da Folha de S.Paulo, partiu para um ataque gratuito e criminoso contra pastores com o título: Marco Feliciano e o Lucrativo Negócio de Demonizar a Depressão. Leia aqui.

7. Paulo Gustavo e seu grande talento para brincadeiras ditas inofensivas
O ator Paulo Gustavo gravou um vídeo vilipendiando a fé cristã. Ele diz que a Bíblia está desatualizada e ainda afirmou que Deus é quem cria as pessoas LBGTs; misturando o ser com o fazer. Como se não bastasse, declarou: “Se Jesus Cristo fosse vivo hoje, estaria no show de Pabllo Vittar, com certeza. Porque está todo mundo indo”. O ator demonstra ignorância total da fé cristã, que crê num Jesus vivo, ressuscitado. Leia aqui.

Marco Feliciano é pastor, foi reeleito Deputado Federal por São Paulo com quase 400 mil votos e preside a Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo