Leia também:
X E agora? Psicóloga trans afirma que alguns se dizem transgênero porque “está na moda”

Quaest/Genial aponta ex-presidiário com 44% e presidente Bolsonaro com 32%

O povo é sábio e na sua essência sabe que está sendo enganado

Marco Feliciano - 03/08/2022 18h50

Bolsonaro e Lula Arte: Pleno.News // Fotos: Joédson Alves/EFE e Dida Sampaio/Estadão Conteúdo/AE

Assuntos que interessam sobremaneira a todos os cidadãos que desejam um país melhor para os filhos e netos devem ser enfrentados com todas as forças, pelo bem de todos. E aqui, me refiro aos institutos de pesquisas que parecem brincar com coisa séria. Hoje foi divulgada uma pesquisa da Quaest/Genial que aponta o ex-presidiário com 44% das intenções de voto e o presidente Jair Bolsonaro com 32%.

Agora, o povo é sábio e, na sua essência, sabe que está sendo enganado. É muito simples a análise dos fatos: enquanto um dos candidatos não pode sair às ruas sem ser vaiado, e em seus eventos se constata jogo de imagem nas fotos a fim de dar a impressão de um público maior; o candidato Bolsonaro, por onde passa, arrasta multidões. Isso é, desde que o mundo é mundo essa equação é simples, pois o vencedor é sempre o mais popular.

Essas pesquisas patrocinadas por entidades financeiras com ligação estreita com as esquerdas – que governaram o país por décadas – são dirigidas por CEOs que já prestaram serviços ao PT. Como é o caso de Felipe Nunes, da Genial Quest. Em entrevista à Jovem Pan News, ele tentou explicar as técnicas de escolha de campo e o método de aplicação dessas pesquisas. Mas, não convenceu quando afirmou ser imparcial em seu trabalho.

Eu peço a vocês, meus amigos, que estejam atentos aos comentários de que o presidente Bolsonaro, de acordo com as pesquisas, está perdendo. Essa não é a verdade. Essa é a flagrante parcialidade dos institutos de pesquisas e seus patrocinadores que, por coincidência, são do mercado financeiro e que cresceram consideravelmente em governos passados.

Finalizo agradecendo a Deus por iluminar a mente do povo que já possui consciência das manipulações de opinião com pesquisas forjadas que invertem criminosamente os resultados. E pedindo que Ele derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todo povo brasileiro.

Marco Feliciano é pastor e está em seu terceiro mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 TSE é alertado sobre possíveis ataques de hackers nas eleições
2 Bolsonaro vai a culto na Câmara e fala da luta contra o mal
3 Bolsonaro: 'Povo viu um pouco do que é ditadura com lockdown'
4 Quaest/Genial: Bolsonaro cresce e Lula cai em nova pesquisa
5 Presidente Bolsonaro participa de culto evangélico na Câmara

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.