CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X CNN e seus fortes laços com o esquerdismo

O governo Bolsonaro e o marco legal do saneamento básico

Mais de 100 milhões de pessoas não têm acesso à coleta de esgoto

Marco Feliciano - 26/06/2020 10h33

Marco do saneamento legal é aprovado no Brasil Foto: Divulgação/Instituto Trata Brasil

Com o marco legal do saneamento básico aprovado nesta semana, o governo do presidente Jair Bolsonaro proporcionará esgoto para metade da população brasileira. Hoje no Brasil mais de 100 milhões de pessoas não têm acesso à coleta de esgoto e 35 milhões não recebem água potável em casa.

Essa é uma antiga aspiração da sociedade e que só foi possível com a coragem do presidente Bolsonaro de atrair empresas privadas para o projeto. Com a supervisão do governo, os investimentos chegarão próximos de R$ 700 bilhões. Além da geração de 700 mil empregos.

O saneamento básico é essencial para uma boa saúde do povo, principalmente os mais desassistidos. O acesso ao saneamento vai fecha um ciclo e doenças endêmicas causadas pela contaminação ambiental dos esgotos a céu aberto.

A aprovação desta lei que vai agora à sanção presidencial é um vitória histórica da nação que há muito desejava a transferência para a iniciativa privada de empresas estatais inoperantes e cabides de empregos de apaniguados. Partidos de oposição foram contrários à aprovação dessa lei de saneamento, o que nos leva a ter certeza do sucesso que esse marco trará a nosso país.

Finalizo agradecendo a Deus pela vitória do povo e que Ele derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todos.

Marco Feliciano é pastor evangélico e vice-líder do governo Bolsonaro no Congresso Nacional.
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo