Leia também:
X Che Guevera: Um dos maiores facínoras do século XX

O golpe dos candidatos que omitem quem é seu postulante à Presidência

Um verdadeiro estelionato eleitoral que tenta enganar os incautos

Marco Feliciano - 22/09/2022 13h08

Panfletos e santinhos de candidatos Foto: SumaiaVillela/Agência Brasil

Alô, amigos! Tenho uma importante mensagem de utilidade pública a todos que me acompanham. Esta coluna tem o viés informativo, nunca vim por aqui para apelos políticos, mas há algo acontecendo de muito grave, a poucos dias das eleições, e requer toda a atenção das pessoas de bem que compactuam com nossos ideais cristãos conservadores. Por isso, me utilizo deste espaço para dar um alerta!

Candidatos de diversas matizes políticas, inclusive de esquerda, estão fazendo campanha, distribuindo farto material de propaganda política sem mencionar o nome e o número do seu candidato à Presidência. Isso é um verdadeiro estelionato eleitoral. Eles estão tentando enganar os incautos, que ignoram que a lei eleitoral obriga todos os postulantes a cargos legislativos, quer senadores, deputados federais ou estaduais a divulgarem o nome do candidato a presidente de sua chapa eleitoral.

Esta eleição representa o futuro de nossas instituições, pois, o candidato que as “pesquisas” dão como primeiro colocado (sic), se recusa a divulgar seu plano de governo. E querem que acreditemos nessa caixa de Pandora, que se abrirá somente após as eleições. Acredite: nossa liberdade está em jogo!

Não adianta as esquerdas virem com promessas de respeito aos ideais republicanos, se onde tomaram o poder – nos países vizinhos -, já dão mostras do seu alinhamento com o Foro de São Paulo e o projeto maior da União das Repúblicas Socialistas América Latina.

Temos pouquíssimos dias para reflexão e trabalho entre as pessoas que amamos a fim de alertar sobre esses candidatos apócrifos que escondem seus candidatos reais à Presidência, e que não apoiam nosso Presidente Jair Bolsonaro – 22.

Finalizo pedindo a Deus que nos livre do maligno e que derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais sobre todo o povo brasileiro.

Marco Feliciano é pastor e está em seu terceiro mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.