Leia também:
X Ataques a Bruna Karla são uma prova de que o ativismo LGBT quer censurar a Igreja

O ex-guerrilheiro que foi eleito presidente da Colômbia

Gustavo Petro segue a cartilha da esquerda e já chega atacando a Igreja

Marco Feliciano - 21/06/2022 13h01

Petro é eleito na Colômbia, primeiro presidente de esquerda do país Foto: EFE/ Mauricio Dueñas Castañeda

Assistimos a grandes comemorações pela eleição do ex-guerrilheiro Gustavo Petro para a Presidência da República, na Colômbia. Petro é o primeiro esquerdista a ser eleito ao cargo máximo naquele país. O povo está em festa, há multidões nas ruas; enfim, vemos uma comemoração equiparável à conquista de uma Copa do Mundo.

No entanto, os primeiros pronunciamentos de Petro mostram que o guerrilheiro ainda mora em seu coração. Sua fala está repleta de termos como diálogo nacional, inclusão social e soberania, apenas para citar alguns. A verdade é que, o novo presidente da Colômbia recita toda a cartilha da esquerda. Ele também ataca a Igreja, único bastião contra o avanço do marxismo ateísta em nosso continente, quando afirma: “Uma coisa é o Estado colombiano e outra é a religião católica. Confundir Estado e religião é próprio de uma mentalidade arcaica”.

Portanto, vemos mais um país do continente cair sob os pés do Foro de São Paulo. Para, em breve, não conseguir cumprir as metas populistas prometidas em campanha. E ao menor sinal de revolta popular fazer o que mais sabe: acabar com as liberdades individuais, fechando o parlamento, intervindo na Suprema Corte e colocando a Polícia para reprimir as manifestações populares.

Finalizo pedindo a Deus que dê livramento ao povo irmão da Colômbia e que as forças conservadoras que ainda restam, naquele país, consigam manter o pêndulo social equilibrado em favor da família e da vida. Ainda, que as mudanças radicais sejam contidas por um Parlamento que respire o ar da democracia. Peço também que Ele derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todo o povo colombiano.

Marco Feliciano é pastor e está em seu terceiro mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Quem é o ex-guerrilheiro eleito novo presidente da Colômbia
2 Bolsonaro comenta vitória do esquerdista Petro na Colômbia
3 Hamilton Mourão deseja "sorte" ao presidente eleito da Colômbia
4 Petro é eleito na Colômbia, 1º presidente de esquerda do país

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.