Leia também:
X Quando a esposa do pastor é jogada para escanteio

O debate de Trump e a imprensa esquerdista

A CNN colocou um tradutor que usava e abusava de trejeitos caricatos

Marco Feliciano - 01/10/2020 19h21

Donald Trump durante primeiro debate presidencial Foto: EFE/Jim Lo Scalzo

Muitos me perguntam o que tem a ver conosco os debates dos candidatos à presidência dos Estados Unidos da América. A resposta pode ser dúbia, nada a ver ou tudo a ver. A grande potência do norte é simplesmente a maior economia do mundo, sem dúvidas a maior potência militar global, anos luz do segundo colocado.

E as coincidências entre nossas lideranças são inúmeras. Ambos os presidentes são conservadores cristãos, demonstram o amor a Cristo sem timidez, oram por revelações na atuação do dia a dia e são ferozmente atacados pela militância ateia socialista, stalinista, maoísta .

É difícil fazer um retrato de um debate acalorado onde se defendem ideias conflitantes, mas se percebeu no candidato democrata, Sr. Joe Biden, muitas perguntas sem respostas. Quando questionado sobre a atuação de seu filho na Ucrânia perdeu a compostura. Ele ainda fez uma clara ameaça ao Brasil quanto à Amazônia, como se todo problema do mundo se resumisse em boatos e fake news sobre nossa atuação contra as queimadas e desmatamento em solo soberano do Brasil.

+ Bolsonaro rejeita ajuda: “O Brasil não aceita subornos”
+ Eduardo Bolsonaro condena fala de Joe Biden
+ Salles rebate Biden e fala em “hipocrisia internacional”

A imprensa esquerdista mundial deu a sua nota através da sucursal brasileira da CNN. Com um tradutor do presidente Trump que usava e abusava de trejeitos caricatos na fala, numa entonação cômica completamente fora de contexto. O que, infelizmente, já era esperado.

Finalizo pedindo a Deus vitória aquele que mais aprouver ao cargo tão importante de homem mais poderoso da Terra, que ele governe com o coração voltado aos céus.

Que o Senhor derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todos irmãos norte- americanos.

Marco Feliciano é pastor, deputado federal por São Paulo e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.
* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.