Números mostram a prosperidade do governo Bolsonaro

Em oito meses de gestão o presidente conseguiu um trabalho evolutivo

Marco Feliciano - 30/08/2019 18h05

Alô, amigos e irmãos que me acompanham no Pleno.News. Muitos me questionam como está a gestão do presidente Bolsonaro nestes oito meses de governo. Respondo com tranquilidade e apresentando resultados comprovados.

Por exemplo, as contas públicas fecharam julho com déficit de R$ 6 bilhões, o resultado é o melhor para o mês desde julho de 2014. A taxa básica de juros da economia, a taxa Selic, caiu para 6% ao ano, a menor desde 1986. A taxa de desemprego caiu para 12%, a menor dos últimos cinco anos. Em julho, foram criadas 43 mil vagas de emprego formal. O PIB teve crescimento de 0,4% no segundo trimestre em relação aos três meses anteriores.

Não foi só na economia que melhorou. Assassinatos caíram 22%, a menor taxa dos últimos seis meses. O turismo cresceu 12,7% só no primeiro semestre. O país criou 408 mil empregos no primeiro semestre, o melhor resultado dos últimos cinco anos.

Estamos enfrentando sequelas de 20 anos de administração socializante e paternalista com dinheiro desviado de programas de infraestrutura sem desenvolvimento sustentável e estímulo aos meios de produção. A corrupção foi desenfreada e sangrou as finanças públicas, causando um déficit orçamentário enorme na casa dos bilhões. Nesta quinta-feira, o que me deixou feliz foi ligar a TV no Jornal Nacional e assistir a confirmação desse texto com e exposição de dados oficiais da recuperação lenta, mas gradual da nossa economia.

Portanto por esses dados incontestáveis estamos vivendo uma nova era de austeridade e respeito pelo bem público. Tenho certeza que voltaremos a ter orgulho desse nosso Brasil tão querido. Ao fechar as torneiras do desperdício e da corrupção o presidente Bolsonaro estimula investimentos internacionais para retomarmos nossa industrialização, diminuindo assim nossa dependência dos commodities primários .

Finalizo pedindo a Deus que derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todos.

Marco Feliciano é pastor, foi reeleito Deputado Federal por São Paulo com quase 400 mil votos e preside a Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo