Natal: O cumprimento de uma promessa

Fomos agraciados com aquele que, mesmo sendo Deus, se fez homem e habitou entre nós

Marco Feliciano - 21/12/2018 10h16


Alô irmãos, alô, amigos que me dão a honra de ser acompanhado por vocês aqui no Pleno.News!

Nessa época de festas natalinas, eu não poderia deixar de lembrar de Isaías, o profeta messiânico que retratou, com riqueza de detalhes, a vinda do Messias, descrevendo-o através desse verdadeiro poema que bem poderia ser intitulado de O Príncipe da Paz: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da eternidade, Príncipe da Paz” (Isaías 9:6).

Essa profecia, que viria selar o destino da humanidade em um novo pacto com Deus, se confirmou nas primeiras linhas do Novo Testamento, como lemos em Matheus 1:18 – “Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou ter concebido do Espírito Santo”.

Esse foi o grande presente de Deus para a humanidade, após um grande período de silêncio dos profetas. Fomos agraciados com aquele que, mesmo sendo Deus, se fez homem e habitou entre nós, entregando a sua vida para nos redimir. Ele venceu a morte, ressuscitou, subiu ao céu e voltará triunfante para buscar a sua Igreja.

Nesta data tão importante, eu e minha família desejamos a vocês um Feliz Natal e um próspero Ano Novo, com paz no coração. Que sempre haja união entre todos, em nome de Jesus Cristo, o único digno de toda glória.

Marco Feliciano é pastor, foi reeleito Deputado Federal por São Paulo com quase 400 mil votos e preside a Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo