Leia também:
X Cuidado: ONGs globalistas querem destruir o nosso país

Não deixe de ler: Em outubro teremos a eleição mais importante da história

Está na hora de nos conscientizarmos da importância de exercer a cidadania plena por meio do voto

Marco Feliciano - 22/07/2022 14h23

Comemoração da eleição em 2018 Foto: Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom

Alô, amigos! Passo hoje para tratar de um assunto de relevante interesse para todos os cidadãos. Estamos a poucos dias de uma das eleições mais importante da nossa história. Nós, conservadores, ganhamos em 2018, após um jejum de décadas. Sim, após um período no qual as esquerdas deitaram e rolaram com a opinião pública. Mas em outubro, se Deus quiser, assistiremos de camarote a vitória que solidificará a mudança de comportamento do povo em relação a pautas imundas, como aborto, liberação das drogas, ideologia de gênero e destruição da família tradicional composta por pai, mãe e filhos. Lembrando que não tenho nada contra outras configurações familiares, mas que cada um permaneça em seu quadrado.

No entanto, quero deixar aqui o aviso de quem, em três mandatos como deputado federal, sofreu perseguições das esquerdas por defender uma pauta conservadora. Cuidado, mas muito cuidado mesmo com a tendência de deixar de votar no dia das eleições. São muitos que o fazem para ir descansar na praia, ou outras atividades de descanso, iludidos pela multa irrisória de quem se ausentar.

Meu aviso é porque se isso acontecer, fatalmente correremos o risco de ver o mesmo que se deu na Colômbia e no Chile, onde a alta abstenção de eleitores entregou o país aos esquerdistas. E mesmo tendo sido eleitos há pouco, já temos mostras de mais países em crise em nosso continente.

Amigos, está na hora de nos conscientizarmos da importância de exercer a cidadania plena por meio do voto e passar essa mensagem a todos que nos são caros. Agindo assim, pelo futuro de nossos filhos e netos.

Finalizo pedindo a Deus que nos livre dos “isentões” que nada mais são do que omissos e deixam a oportunidade de mudar o país passar. E que Ele derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todos eleitores conscientes do nosso país.

Marco Feliciano é pastor e está em seu terceiro mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.