Criação ou evolução?

Quando se trata de cristãos e evangélicos, acontecimentos que passariam despercebidos enfurecem as turbas

Marco Feliciano - 11/01/2019 18h04


Alô, irmãos, alô, amigos que me prestigiam no Pleno.News!

É importante abordarmos assuntos que estão causando polêmicas no noticiário. Constatamos que, quando se trata de cristãos e evangélicos, acontecimentos que passariam despercebidos enfurecem as turbas, que espumam de raiva.

Nossa irmã em Cristo, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves, fez um comentário dizendo que a Igreja perdeu espaço na escola para a Teoria da Evolução. Sim, é fato que existem duas teorias não conflitantes, pelo menos pelo lado teológico. Vale dizer que ambas são teorias e que, para nós, os cristãos, Deus criou todas as coisas, inclusive os animais, como os conhecemos. Já para os cientistas, após os estudos de Darwin, ficou estabelecido que as criaturas evoluem numa constante, por uma questão de sobrevivência. Isto é fato, mas mesmo Darwin tinha suas dúvidas, pois achava que o ornitorrinco seria uma montagem de taxidermistas.

Até hoje existem controvérsias sobre a teoria darwiniana, pois essas evoluções se dariam em milhares de anos, e só poderiam ser estudadas através de fósseis. Se achássemos que Deus deixaria pistas concretas e insofismáveis sobre Sua criação que tornasse Sua teoria uma lei, nossa fé seria comparável à de Tomé.

A ministra comentou uma constatação. Todos sabemos que nos Estados Unidos, outro país, assim como o nosso, de maioria cristã, existem escolas que adotam o criacionismo em sua grade curricular. Damares Alves não falou nenhum absurdo e quem não concorda com ela, tem toda liberdade para não aceitar sua posição. Porém, não se pode tentar solapar o direito que temos de opinar de acordo com nossa fé.

Para reflexão, afirmo que ambas as teorias são plausíveis. Uma formada com dados científicos, por empirismo, e a outra por uma profissão de fé, fundamentada em dados bíblicos que, para nós, são incontestáveis.

Finalizo pedindo a Deus que continue dando sabedoria à nossa irmã, ministra Damares, para enfrentar todas as perseguições. Que Ele Derrame Suas mais escolhidas bênçãos celestiais sobre todos.

Marco Feliciano é pastor, foi reeleito Deputado Federal por São Paulo com quase 400 mil votos e preside a Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo