Leia também:
X 4 sintomas de que o coronavírus “esfriou” sua fé

Casa Verde e Amarela não é programa rebatizado

Brasileiros do Norte e Nordeste serão contemplados

Marco Feliciano - 26/08/2020 16h14

Lançamento do Programa Casa Verde e Amarela Foto: Marcos Corrêa/PR

Parabenizo o presidente Jair Bolsonaro pelo lançamento do novo programa do governo, o Casa Verde e Amarela. O objetivo é atender pessoas de baixa renda que esperam conseguir sua casa própria com juros baixos e também a regularização fundiária de suas propriedades.

Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional, explicou que o governo constatou problemas na gestão do antigo programa de habitação: “O programa tem complexidades, não é simples. Pelo menos 500 mil unidades do antigo Minha Casa, Minha Vida viraram guetos, território de ninguém”.

Programas de habitação social devem oferecer infraestrutura. É importante procurar áreas de maior adensamento para facilitar a vida das pessoas e retirar famílias de área de risco, encostas, pântanos, margens de rios e áreas de preservação.

Haverá condições especiais para irmãos brasileiros do Norte e Nordeste que são mais vulneráveis a questões econômicas. Esclareço que não se trata de rebatizar o programa anterior como informa parte da mídia, mas implantar um programa totalmente novo num modelo abrangente de situações. Isso ampara um grande espectro de necessidades do cidadão menos favorecido.

Vejo neste programa a confirmação do versículo Provérbios 29:2 “Quando os justos governam, o povo se alegra”. Finalizo pedindo a Deus que continue a iluminar nossas autoridades e derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todos.

Marco Feliciano é pastor, deputado federal por São Paulo e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.