Leia também:
X Como vencer a intimidação das pessoas que lutam contra o seu sucesso

Bolsonaro sairá do Jornal Nacional ainda maior

Após um simples pedido do presidente, esquerdopatas criaram narrativas

Marco Feliciano - 05/08/2022 18h07

Bolsonaro no Jornal Nacional em 2018 Foto: Reprodução JN

O Presidente Jair Bolsonaro havia sugerido que a entrevista para o Jornal Nacional, no próximo dia 22, fosse no Palácio da Alvorada, em Brasília, apenas por uma questão de logística e por motivo óbvio da proximidade com seu gabinete de trabalho. Mas como a emissora manifestou que preferia que a entrevista fosse realizada em seus estúdios no Rio de Janeiro, a assessoria do presidente prontamente concordou e se colocou à disposição para a entrevista. Tudo foi feito em comum acordo. No entanto, os esquerdopatas de plantão prontamente criaram narrativas de vencidos e vencedores.

Ora, entrevistas com candidatos à Presidência, em época eleitoral, são do interesse de todos, pois dessa maneira é possível analisar as propostas de todos os candidatos. Em 2018 foi assim, e todo o Brasil pôde assistir a desenvoltura do então candidato à Presidência Jair Bolsonaro que se defendeu da tentativa de ataques dos apresentadores, com maestria, ao citar de cor a fala do fundador da emissora, o jornalista Roberto Marinho, em apoio aos governos militares que evitaram que o poder em nosso país caísse em mãos comunistas alinhados à extinta União Soviética.

O fato é que ao assistirmos às entrevistas de todos os candidatos à Presidência poderemos traçar o perfil de cada um e analisar as respostas para perguntas que não querem calar. Sobre, por exemplo, por que agora possuem fórmulas mágicas para a solução de todos os problemas, mas em 14 anos no poder nada fizeram para minimizar os graves problemas da nação? Quando, pelo contrário, com tanta roubalheira deixaram um legado de dívidas bilionárias em estatais? Mas que hoje estas estão superavitárias graças à gestão responsável, sem apadrinhados, mas com técnicos competentes.

Tenho certeza de que, mais uma vez, o nosso presidente, com a sua franqueza e perspicácia com a lide política, se saíra dessa entrevista maior do que entrou. Mostrando assim, ao povo brasileiro, o lado certo nestas eleições, na qual o futuro do país e a nossa liberdade estarão em jogo, e não poderemos errar.

Finalizo pedindo a Deus que continue nos mostrando o caminho da luz. E que Ele derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todo povo brasileiro.

Marco Feliciano é pastor e está em seu terceiro mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Globo anuncia que Bolsonaro dará entrevista ao JN no Rio
2 Em MG, Bolsonaro participa de motociata ao lado do povo
3 Partido de Bolsonaro vai ao TSE contra Lula por 'discurso de ódio'
4 Bolsonaro lamenta morte de Jô Soares: "Exemplo de postura"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.