Leia também:
X O que aprendi com o Big Brother Brasil

Asco! Políticos unidos cantam Hino da Internacional Socialista

Evento do PSB juntou políticos de diversas matizes numa enorme massa vermelha

Marco Feliciano - 29/04/2022 16h20

Lula, Carlos Siqueira e Alckmin em evento do PSB Foto: Reprodução/YouTube

Espetáculos dantescos são aqueles que causam asco, horror, pavor, por fugirem às regras do cotidiano e do plausível. Vivenciamos um desses esta semana. O Brasil assistiu ao evento do PSB, em Brasília nesta quinta-feira (28), com a participação de políticos de diversas matizes que se fundiram numa enorme massa vermelha e com um único ideal: a socialização do continente sul-americano de acordo com a cartilha do Foro de São Paulo.

O Foro de São Paulo não está morto, nem letárgico. Se alguém pensava ao contrário, deve ficar atento, porque ele está a pleno vapor. Como já disse aqui e repito: “Mil vidas eu tivesse, mil vidas eu daria para denunciar o marxismo ateísta que se infiltrou em nossas instituições, tentando solapar as bases da família, da Igreja e das tradições judaico-cristãs”.

Esse evento contou com políticos importantes: ex-governadores que, até pouco tempo, se apresentavam como religiosos conservadores. Mas que ao abraçarem os afogados, molharam suas biografias com o que há de pior para o nosso país e contra as esperanças das gerações do porvir e daqueles que ainda estão em dúvida quanto a que caminho tomar.

O encerramento dessa reunião dantesca não poderia trazer pior demonstração de antipatriotismo; em vez de executarem o Hino Nacional Brasileiro, impingiram o Hino da Internacional Socialista, obra que nada tem a ver com as expectativas da maior parte do nosso povo cristão, ordeiro e de paz. Hino esse que traz uma letra ultrapassada, eivada de preconceitos e luta de classes que nunca prosperou em nosso meio.

Finalizo agradecendo a Deus por este momento de reflexão para nos fixarmos no caminho certo e de acordo com a sua Santa Palavra. E pedindo a Ele que derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais sobre todo povo brasileiro.

Marco Feliciano é pastor e está em seu terceiro mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.