Leia também:
X Chip implantado sob a pele com o “passaporte sanitário”. Onde vamos parar?

As festas natalinas devem ser fator de congraçamento, união e conciliação

"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu..." (Isaías 9:6)

Marco Feliciano - 21/12/2021 15h18

As festas natalinas devem ser fator de congraçamento, união e conciliação Foto: Pixabay

A Bíblia Sagrada nos presenteia com várias profecias sobre a vinda do Messias. Destaco esta, em Isaías 9:6 (ARC): “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o principado está sobre os seus ombros; e o seu nome será Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”.

A vinda do Messias foi o melhor presente do Deus Pai para a humanidade, pois, na cruz, Jesus nos redimiu do pecado e nos proporcionou perspectivas concretas de ir morar no céu.

Enquanto aguardamos a volta do Salvador, é dado a nós o direito de viver na terra com a nossa família e os nossos amigos, bem como Lhe preparar o caminho.

Sendo assim, as festas natalinas devem ser fator de congraçamento, união e conciliação entre todos nós, em respeito e agradecimento pelo advento daquele que veio para remir e salvar a humanidade, Jesus.

Em face disto, neste Natal, conclamo todos a colocar em destaque o Aniversariante e a não se esquecer daqueles que foram citados em Seu evangelho como dignos de morar do céu – os pobres e oprimidos. Façamos, pois, um gesto de grandeza repartindo o “panetone” do Natal com quem mais precisa!

Finalizo agradecendo a Deus por enviar Seu precioso Filho para nos redimir, salvar e dar-nos o doce alento da Sua volta triunfante. Que Ele derrame as mais doces bênçãos celestiais sobre todo o povo!

Marco Feliciano é pastor e está em seu terceiro mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.