A nova era da política nacional

Um país continental como o nosso não pode se isolar do mundo financeiro internacional, pregando uma política de viés ideológico

Marco Feliciano - 25/01/2019 14h55


Alô, irmãos, alô amigos que me prestigiam aqui no Pleno.News! É com grande alegria que estamos participando de uma nova era na política nacional. Novo Presidente, novos ares!

Muitos irmãos têm me perguntado sobre a viagem do presidente Jair Bolsonaro e comitiva ao Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, onde ele foi honrado com o discurso de abertura, fazendo uso de um texto conciso. O presidente deu o seu recado ao mundo dos negócios, perante uma plateia de chefes de Estado, autoridades monetárias e dos 200 maiores empresários investidores do mundo.

Um país continental como o nosso não pode se isolar do mundo financeiro internacional, pregando uma política de viés ideológico, pois o povo, em sua imensa maioria, não se alimenta disso. O povo brasileiro anseia é por emprego, pela valorização da nossa moeda e por um porto seguro para o bem estar da família.

Em seu discurso de abertura o presidente Bolsonaro conseguiu retomar a confiança dos empresários na nova política econômica. Ele recebeu inúmeros convites para reuniões com investidores, algo tão necessário ao nosso desenvolvimento e à volta da normalidade econômica e crescimento do PIB. A reindustrialização é a alavanca da economia, aliada às maiores commodities mundiais de que somos detentores, com uma produção de grãos que ultrapassa os 240 milhões de toneladas que ajudam a alimentar o mundo.

O momento desse encontro foi providencial para colocar o Brasil no protagonismo político. O presidente Bolsonaro, ladeado por importantes chefes de Estado, manifestou seu apoio ao novo presidente da Venezuela Juan Guaidó, se alinhando a líderes de inúmeros países que se esforçam por libertar o povo venezuelano do jugo bolivariano, sem mais derramamento de sangue.

Finalizo pedindo a Deus que ajude nosso presidente a cumprir as pautas de seu governo e derrame Suas mais escolhidas bênçãos sobre todos.

Marco Feliciano é pastor, foi reeleito Deputado Federal por São Paulo com quase 400 mil votos e preside a Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo