Palmeiras empata com Corinthians e vê Santos disparar na liderança

Empate de 1 a 1 afastou ainda mais o Verdão do primeiro lugar

Marcelo Penido - 05/08/2019 08h22

O Palmeiras somou 33 jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro, uma marca difícil de se conquistar e que atravessou duas edições da competição, mas bastaram alguns deslizes do Verdão para que liderança do campeonato trocasse de mãos. O Brasileirão exige uma regularidade impressionante, e sobretudo vitórias, que já não estão acontecendo com a quantidade que o Palmeiras precisa: nos últimos quatro jogos foram 3 empates e uma derrota. Empatar com o Corinthians, em Itaquera, é um resultado normal para o Palmeiras, mas acabou sendo muito ruim porque permitiu que o Santos abrisse quatro pontos de vantagem sobre os atuais campeões brasileiros e só aumentou a pressão sobre o elenco.

O Santos aliás está vivendo uma fase incrível. O Peixe goleou o Goiás por 6 a 1, na Vila Belmiro, e chegou a sétima vitória seguida no Brasileirão. O time comandado por Jorge Sampaoli alcançou 82% de aproveitamento e tem uma tabela extremamente favorável até o fim do primeiro turno. Depois de encarar o São Paulo, no próximo sábado, vai enfrentar três times da parte de baixo da tabela: Cruzeiro, Fortaleza e Chapecoense. Essa sequência pode dar ao Santos a vantagem necessária para se manter na liderança com tranquilidade até a reta final do Brasileiro.

Já o Flamengo, que investiu pesado para voltar a levantar a taça do Brasileirão após 10 anos, foi surpreendido nesse final de semana. Jogando na Fonte Nova o rubro-negro teve uma atuação apática e foi derrotado pelo Bahia por 3 a 0. A disposição e a garra que chamaram atenção na classificação diante do Emelec, na semana passada, pela Libertadores, não foram vistas nesse domingo, e o resultado deixou o Mengão ainda mais distante do Santos, que foi a 32 pontos, e agora tem 8 de vantagem sobre o rubro-negro.

Dos cariocas apenas Fluminense e Botafogo se deram bem nessa rodada. O tricolor fez 2 a 1 no Internacional, no sábado, voltou a vencer após sete rodadas e deixou a zona de rebaixamento, enquanto o Botafogo fez 2 a 0 no lanterna Avaí e se reaproximou do G-6. Quem decepcionou foi o Vasco, que enfrentou o CSA, em Cariacica, no Espírito Santo, e mesmo com o apoio da apaixonada torcida capixaba não saiu do 0 a 0. Os vascaínos reclamaram muito de um pênalti não marcado, mas a verdade é que a equipe jogou mal.

Como o Cruzeiro, que perdeu mais uma, dessa vez foi derrotado pelo Atlético-MG por 2 a 0 e está há dez jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, são seis derrotas e quatro empates. A última vitória na competição foi há mais de três meses, quando venceu o Goiás por 2 a 1, no Mineirão, no dia 5 de maio. Após mais um tropeço o técnico Mano Menezes colocou o cargo à disposição, mas a diretoria decidiu mantê-lo. Vamos ver até quando.

Marcelo Penido é jornalista especializado em Gestão, Marketing e Direito Esportivo com passagens pelas rádios CBN, Globo e Tupi e pela TV Band News. Filho do locutor Luiz Penido, nasceu no meio do futebol e é apaixonado pelo esporte. Nesse espaço vai falar sobre o dia a dia dos principais clubes do Brasil.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo