Fla, Palmeiras e Santos. Um dos três vence o Brasileirão

Trio separado por distância máxima de cinco pontos briga pelo título

Marcelo Penido - 16/09/2019 08h24

O Campeonato Brasileiro é uma das competições mais difíceis e disputadas do mundo. Para além da questão técnica, muito inferior à dos principais campeonatos dos grandes centros europeus, o Brasileirão sempre tem um número grande de possíveis campeões.

A edição desse ano chegou à metade com o Flamengo sendo o líder, com 42 pontos, seguido pelo Palmeiras com 39 e o Santos com 37. Uma diferença de apenas cinco pontos entre o primeiro e o terceiro colocados com 57 pontos em disputa.

Teoricamente times como Internacional, com 33, além de Corinthians e São Paulo, com 32 pontos cada, também estão na briga, mas na prática essas equipes só levam o título se acontecer uma grande mudança de cenário, o que é cada vez mais improvável.

Principalmente porque Flamengo e Palmeiras, favoritíssimos ao título, têm elencos muito fortes e capazes de superar eventuais problemas de lesões em sequência. O Santos não tem um grupo tão estruturado, mas é muito bem treinado e dificilmente vai perder espaço para os rivais de baixo. Além disso os três de baixo do G-6 não mostraram, pelo menos até agora, a força necessária para vencer o Brasileirão.

Matematicamente ainda é possível que o São Paulo tire a vantagem de dez pontos que o Flamengo tem nesse momento, mas na prática é impossível supor que esse cenário se confirme com o futebol que as duas equipes vêm apresentando.

Os times terão uma última semana cheia antes do início do segundo turno, quando vai começar a sequência de dois jogos por semana. Serão 17 partidas em pouco mais de dois meses e quem for mais regular vai encaminhar o título. Em dezembro voltaremos a ter um jogo por semana, mas até lá o título já pode estar decidido.

Tomara que não, pois Palmeiras e Flamengo fazem a última partida dessa maratona e depois disso o Rubro-negro ainda joga mais uma vez com o Avaí e encerra o Brasileirão no dia 8 de dezembro com o Santos. Seria um desfecho apoteótico para um campeonato que premia a regularidade, mas que não pode ser esquecer da emoção.

Marcelo Penido é jornalista especializado em Gestão, Marketing e Direito Esportivo com passagens pelas rádios CBN, Globo e Tupi e pela TV Band News. Filho do locutor Luiz Penido, nasceu no meio do futebol e é apaixonado pelo esporte. Nesse espaço vai falar sobre o dia a dia dos principais clubes do Brasil.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo