Leia também:
X Sobre a invasão de igrejas por esquerdistas

Lula revela a fraude da velha imprensa companheira

Assim como o ex-presidiário Lula, a velha imprensa é uma fraude!

Lawrence Maximo - 04/10/2022 19h42

Lula Foto: EFE/ Sebastiao Moreira

O ex-presidiário Lula revelou em seu primeiro discurso pós primeiro turno seu agradecimento à imprensa companheira. Haddad, seu súdito, alinhou o mesmo discurso do chefe. Confirmando o que todos nós sabíamos, o ativismo da velha imprensa esquerdista e o apoio incondicional ao Lula. Essa fraternidade não ocorre por acaso. Um levantamento mostrou que 80% dos jornalistas brasileiros se declaram de esquerda. Verazmente, o consórcio do ódio!

Temos o “escândalo das pesquisas”. Além do ativismo da velha imprensa antibolsonarista, tivemos no primeiro turno o desempenho catastrófico, vexatório e manipulador dos institutos de pesquisa, com grande relevância, a ponto de ter sido destacado na imprensa internacional.

Alguns jornais do exterior deram destaque para as eleições brasileiras realizadas neste domingo (2). Foram manchete dos jornais argentinos Clarín e La Nacion e dos franceses Le Monde e Le Figaro.

O americano New York Times e os argentinos La Nacion e Clarin apontaram os erros das pesquisas eleitorais em relação à votação, que levou Lula e Bolsonaro ao segundo turno.

O jornal americano disse que as pesquisas e os analistas indicavam que Bolsonaro estava acabado, mas surpreendeu no primeiro turno. Por isso, apesar do resultado numérico, foi ele quem teve uma noite melhor. Para o jornal, em se tratando da insistência de Bolsonaro que as pesquisas estavam erradas ao mostrar Lula na dianteira – ficou claro que ele estava certo.

Portanto, o que explica, Tarcísio à frente de Haddad em São Paulo. Moro eleito no Paraná. Onyx e Mourão no Rio Grande de Sul. Freixo derrotado no Rio de Janeiro. Nenhum desses cenários foi captado pelas pesquisas eleitorais.
Assim como o ex-presidiário Lula, a velha imprensa é uma fraude!

Lawrence Maximo é analista político, professor universitário e escritor. Mestrando em Ciências Políticas Internacionais: Cooperação Internacional, Mestre em Missiologia, Pós-graduado em Ciência Política: Cidadania e Governação e Pós-graduado em Antropologia da Religião. Historiador e Teólogo. Escreve artigos para o jornal Gazeta do Povo e Revista Esmeril.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.