Leia também:
X A esquerda, com suas garras imundas, se volta para os jovens

Ataque terrorista em Israel deixa cinco mortos em Bnei Brak

Este é o décimo ataque terrorista no mês de março

Lawrence Maximo - 29/03/2022 17h56

Cinco pessoas foram mortas em pelo menos dois locais na cidade de Bnei Brak, na noite de terça-feira (29). Onze israelenses foram mortos na última semana, tornando este o ataque mais sangrento na memória recente. E, o décimo ataque terrorista no mês de março. O terrorista é membro do Fatah.

O tiroteio foi relatado, pela primeira vez, por volta das 20h na rua HaShnaim. Uma pessoa foi encontrada morta em um carro e outras duas foram mortas a tiros em uma calçada próxima.

Outra pessoa foi encontrada morta na rua Herzl, perpendicular à rua HaShnaim. Uma quinta vítima, um policial, foi evacuada para o Centro Médico Rabin-Beilinson Campus em estado crítico e morreu de seus ferimentos logo depois.

O atirador foi morto a tiros por um policial que chegou ao local em uma motocicleta.

O tiroteio em Bnai Brak foi o mais recente ataque em uma nova onda de terrorismo marcada pelo esfaqueamento de quatro israelenses em Berseba, na semana passada, e pelo tiroteio de dois policiais de fronteira, em Hadera, na noite de domingo.

O atirador foi identificado como Dia Hamarsha, 27 anos, da vila de Ya’bad, no norte da Cisjordânia, perto de Jenin. Ele foi preso por meio ano em 2015 por tráfico ilegal de armas. E afiliado ao grupo terrorista Fatah havia trabalhado ilegalmente em um canteiro de obras em Bnei Brak.

Outra pessoa foi presa no local e é investigada por suspeita de ajudar o atirador. Também, uma terceira foi presa mais tarde mais ao leste na rua Jabotinsky.

As tensões crescem em Israel, diante dessa escalada terrorista, e com a preocupação ao próximo mês do Ramadã…

Lawrence Maximo é analista político, professor universitário e escritor. Mestrando em Ciências Políticas Internacionais: Cooperação Internacional, Mestre em Missiologia, Pós-graduado em Ciência Política: Cidadania e Governação e Pós-graduado em Antropologia da Religião. Historiador e Teólogo. Escreve artigos para o jornal Gazeta do Povo e Revista Esmeril.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 O ISIS e os ataques terroristas em Israel
2 Vergonha: Irã se juntará à Comissão de Direitos da Mulher da ONU
3 Êxodo ucraniano: Crise de deslocamento mais rápida desde a 2ª Guerra Mundial

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.