Opinião Josué Gonçalves: Não fale pelas costas

Nunca diga aquilo que você não gostaria que dissessem sobre você, ainda mais na sua ausência. Seja coerente consigo mesmo

Josué Gonçalves - 24/03/2018 08h00

Querido leitor do Pleno.News, quero retomar o tema começado na semana passada: Inteligência Emocional no Casamento. Pois a inteligência emocional abre as portas de um bom relacionamento. E, o que buscamos é plenitude no relacionamento a dois.

Para refletir:
“A sinceridade dos íntegros os guiará, mas a perversidade dos aleivosos os destruirá” (Provérbios 11:3).

“A sinceridade é o passaporte da mala da educação” (Carlos Drummond de Andrade).

“Atinge-se a sabedoria quando se aprende a segurar a língua” (Provérbio chinês).

“Somente as pessoas comprometidas com a excelência são capazes de poupar a vida e o caráter de seus irmãos”.

Seja honesto, leal, sincero… Nunca diga aquilo que você não gostaria que dissessem sobre você, ainda mais na sua ausência. Seja coerente consigo mesmo. Fique atento àquelas pessoas que falam maldosamente dos outros para você, pois, na primeira oportunidade, elas falarão de você aos outros. Há um provérbio que diz: “Quem guarda a sua boca e a sua língua, livra das angústias a própria alma” (Provérbios 21:23).

Não fale pelas costas da sua sogra(o), do(a) cunhado(a), do(a) irmão(ã), do(a) filho(a), do genro ou da nora. Quem age assim é desleal, desonesto e incoerente. Só faça críticas se forem construtivas. Uma crítica só é construtiva quando você a faz para a pessoa certa, oferece uma sugestão para a mudança e se apresenta para ajudar no que for preciso. Sempre que alguém vier falar de uma pessoa para você, faça uso das três peneiras.

As três peneiras da sabedoria
Conta-se que um homem aproximou-se de seu mestre e lhe disse:

– Mestre, vou lhe contar o que disseram do João…

O mestre, com sua grande sabedoria, respondeu:

– Calma. Antes de me contares algo que possa ter relevância, te pergunto: Já fizestes passar a informação pelas Três Peneiras da Sabedoria?
– Peneiras da Sabedoria? Não. Elas não me foram mostradas – argumentou.
– Sim. Só não te ensinei porque não era chegado o momento, porém, escuta-me com atenção: tudo que disserem de outrem para você, deve passar antes pelas Peneiras da Sabedoria. Primeira – A Peneira da Verdade. Eu te pergunto: tens certeza de que o que te contaram é realmente verdadeiro?

Meio sem jeito, ele replicou:
– Bem. Realmente não tenho certeza. Sei apenas o que me contaram…

O mestre continuou:
– Então, se não tens certeza, a informação vazou pelos furos da primeira peneira e repousa sobre a segunda, que é a Peneira da Bondade. Pergunto: trata-se de algo que gostarias que falassem de ti?
– De maneira alguma, Mestre. Evidente que não!
– Então trata-se de algo que passou pelos furos da segunda peneira e jaz nas cruzetas da terceira e última peneira. Realizo, portanto, a última pergunta: Achas mesmo necessário passar adiante essa história sobre teu irmão e companheiro?
– Não, mestre. Absolutamente! – Respondeu.
– Então, disse o sábio, ela acaba de vazar os furos da Peneira da Necessidade, perdendo-se na imensidão da Terra. Não sobrou nada para contar.
– Entendi, querido mestre. Doravante, somente as boas palavras terão caminho em minha boca.

Finalizou o sábio:
– És agora um mestre completo. Volta ao teu povo. Afinal, terminastes o aprendizado, todavia, lembra-te sempre: as abelhas, construtoras do Criador, nas imundícies dos charcos, buscam apenas as flores para sua laboriosa atividade, enquanto as nojentas moscas buscam, em corpos sadios, as chagas e feridas que as mantém vivas. Sejamos como as abelhas, e nunca como as moscas.

“O mexeriqueiro descobre o segredo, mas o fiel de espírito o encobre” (Provérbios 11:13).

Aprendi a ser leal…

Na sua ausência, me calei
Falou mais alto a prudência
Falaram, tentaram, mudaram
Não ouviram, não conseguiram…

Falar pelas costas
não é justo, não é certo, não é reto
Falar pelas costas
é trair, ferir, machucar e destruir.

Está faltando lealdade…

Lealdade + amizade = liberdade
Quando estou perto não me aperto
Quando estou longe, descanso
Amigos não traem, amigos não saem
Amigos residem no coração da gente…

Pessoas leais
Pessoas que promovem a paz
Pessoas que só constroem
Pessoas queridas, amadas e nem sempre percebidas.

Quem aprende a ser leal com os seus
Aprendeu a viver para a Glória de Deus!

Provérbios que nos ensinam:
“A boca do justo jorra sabedoria…” (Provérbios 10:31a ).
“Há alguns que falam como que espada penetrante, mas a língua dos sábios é saúde” (Provérbios 12.18).
“O lábio da verdade permanece para sempre, mas a língua da falsidade, dura por um só momento”. (Provérbios 12.19).
“A língua benigna é árvore de vida…” (Provérbios 15.4a).
“A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto” (Provérbios 18.21).
“O que guarda a sua boca e a sua língua guarda a sua alma das angústias” (Provérbios 21.23).

Que Deus o abençoe!

Josué Gonçalves É terapeuta familiar, escritor, pastor e apresentador do programa Família Debaixo da Graça, transmitido pela RedeTV!. Trabalha com o tema Família há 27 anos.