Quais cuidados devem ter os gestores das organizações religiosas?

Pontos vulneráveis das organizações religiosas

Jonatas Nascimento - 06/01/2020 09h26

Igreja em oração Foto: Pixabay

Hoje estou respondendo a mais uma pergunta que me fazem, desta vez a de número sequencial 17, que merecerá vários artigos, que é a seguinte: Quais cuidados devem ter os gestores das organizações religiosas?

Narrando um episódio ocorrido alguns anos atrás, dou início aqui a uma série de artigos que versarão sobre os cuidados que todo gestor de igreja ou qualquer organização religiosa deve ter.

Eis o caso: Após tomar posse como pastor presidente de igreja do interior, certo pastor me procurou para saber quais seriam as reais responsabilidades que ele acabara de assumir. Após obter as informações de praxe, percebi que aquela igreja estava cheia de problemas de ordem administrativa, tais como documentos extraviados, atas não registradas, estatuto desatualizado, funcionário sem registro, contabilidade inexistente, execução fiscal por falta de pagamento do IPTU, falta de cumprimento de obrigações acessórias e muitas multas fiscais.

Depois disso, falhei-lhe do tamanho do problema em termos de despesas e também da responsabilidade civil do presidente, que pode responder com seus bens por eventuais deslizes. O obreiro me agradeceu, voltou para a sua igreja e caprichosamente pediu exoneração do cargo poucos dias depois.

De fato, toda e qualquer organização, religiosa ou não, deve primar por seus documentos de forma, observando o rigor das leis vigentes. Como ouvi de auditor fiscal no início da minha carreira, “para o fisco, igreja é como uma empresa qualquer”.

Ninguém pode pensar ingenuamente que por se tratar de organização religiosa, o fisco vai aliviar a caneta, até porque não depende do fisco. É consequência da má gestão. Nas próximas edições tratarei dos pontos vulneráveis, um a um. Prometo.

Jonatas Nascimento é empresário do ramo contábil na região metropolitana do Rio de Janeiro, graduado em Letras e Direito. Especialista em contabilidade eclesiástica, é autor do livro Cartilha da Igreja Legal.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo