Leia também:
X Uma das piores sensações do mundo

Não deixe sua igreja virar uma bola de neve

Sobre as finanças das igrejas em tempos de isolamento social

Jonatas Nascimento - 30/03/2020 16h54

Reconheço que o título deste artigo não é o mais apropriado, já que a minha proposta aqui é falar tão somente sobre as finanças das igrejas em tempos de isolamento social. Neste período, os fiéis estão impedidos de frequentar os cultos e, em consequência, a coleta de dízimos e ofertas é prejudicada. Uma vez que não há receita, como serão honradas as suas múltiplas obrigações, tais como proventos ministeriais do pastor e dos auxiliares, contas de consumo, funcionários e outros prestadores de serviços, encargos gerais, INSS, FGTS e outras?

Quando há cerca de 25 anos falei sobre o lado empresa da igreja e fui criticado, o que está acontecendo agora serve como ilustração, senão vejamos:

Muitas obrigações, especialmente as da área trabalhista, são comuns a todo tipo de organização jurídica, já que a legislação não faz distinção entre e outro empregador. Acontece que enquanto organizações corporativas se preocupam com fluxo de caixa, fundo de reserva, planejamento estratégico, plano de negócios etc, a grande maioria das organizações religiosas sequer sabem o que isto significa, muito embora funcionem dentro de uma dinâmica similar.

Ações mais enérgicas devem ter as igrejas que possuem funcionários, sob o risco de contraírem um passivo trabalhista impagável. Isto sim transformaria as obrigações da igreja numa verdadeira bola de neve.

O meu conselho é que os dirigentes devem procurar o profissional contábil urgentemente para receber as devidas orientações e colocar em prática o que precisa ser feito. De fato, o governo já editou alguns atos que visem à manutenção do vínculo contratual de trabalho com sacrifício mútuo. Um deles é a possibilidade de redução da jornada de trabalho com a consequente redução do salário. Outro recurso é a concessão de férias ao trabalhador.

Antes de tudo, recomendo ética e serenidade nas tratativas e total dependência de Deus.

 

Jonatas Nascimento é empresário do ramo contábil na região metropolitana do Rio de Janeiro, graduado em Letras e Direito. Especialista em contabilidade eclesiástica, é autor do livro Cartilha da Igreja Legal.
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.