Um bunker na casa do presidente do Senado

Davi Alcolumbre reuniu quase duas dezenas de senadores para "avaliar" os destinos da Nação

Helder Caldeira - 24/05/2019 17h22

Na manhã desta sexta-feira (24), a residência oficial da Presidência do Senado Federal foi transformada numa espécie de bunker para “julgar” o futuro de Jair Bolsonaro. Na falta de algo melhor ou mais produtivo a fazer, Davi Alcolumbre (DEM/AP) reuniu quase duas dezenas de senadores para “avaliar” os destinos da Nação.

No “cardápio”, análises sobre a possibilidade de impeachment ou renúncia de Bolsonaro e como se comportaria o Congresso Nacional num suposto governo do vice-presidente, General Hamilton Mourão.

Fica claro que o Congresso Nacional está contaminado e continua usando todas as armas para tentar enfraquecer o Palácio do Planalto. Já vimos esse método do centrão durante o (des)governo Dilma Rousseff e, agora, o alvo é Jair Bolsonaro.

Resta saber qual é o papel de Onyx Lorenzoni, que se tornou ministro-chefe da Casa Civil e conseguiu outros três Ministérios para o DEM, mas não consegue administrar a sanha de seu partido por mais poder, mesmo que causando sucessivos conflitos internos no Governo Bolsonaro.

Se é para continuar dando facadas no presidente da República, talvez seja a hora de o governo rever o papel do DEM em sua base aliada. Porque, como “aliado” assim, quem precisa de inimigos?!

Helder Caldeira é escritor, colunista político e palestrante. Há duas décadas atua e escreve sobre a Política brasileira. É autor dos livros ‘Águas Turvas’, ‘Bravatas, gravatas e mamatas’, ‘Pareidolia política’, entre outros. Contato: eventos@heldercaldeira.com.br

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo