Advogados divulgam manifesto de repúdio a ministro do STF após ataque a Bolsonaro

Helder Caldeira - 30/07/2019 16h44

Cerimônia de Brevetação dos Novos Paraquedistas Foto: Marcos Corrêa/PR

O Movimento dos Advogados do Brasil, entidade com mais de dois mil membros, divulgou na tarde desta terça-feira (30) um manifesto de repúdio ao ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal.

À imprensa, o ministro do STF sugeriu amordaçar o presidente Jair Bolsonaro, para que ele seja impedido de falar o que pensa.

O documento afirma que “a declaração do ministro Marco Aurélio Mello absurdamente sugeriu a criação de um ‘aparelho de mordaça’, nas palavras dele, com a intenção de silenciar ou censurar o Presidente da República, em completa violação ao disposto no Artigo 5º, IV e IX, da Carta Magna que garantem a ‘livre a manifestação do pensamento’ e a ‘livre a expressão (…) de comunicação, independentemente de censura ou licença’.”

“Então, para que não fique demonstrado a seletividade de seus posicionamentos político-jurídicos, a prudência manda que o Ministro se retrate para que fique claro que os Direitos Humanos e Liberdade de Expressão valem para todos, e não para alguns”, conclui o documento.

Helder Caldeira é escritor, colunista político e palestrante. Há duas décadas atua e escreve sobre a Política brasileira. É autor dos livros ‘Águas Turvas’, ‘Bravatas, gravatas e mamatas’, ‘Pareidolia política’, entre outros. Contato: eventos@heldercaldeira.com.br

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo