O poder do ouvir!

Mova-se para o campo da reflexão, ele amplia horizontes e exclui você da zona de conforto

Fábio Guimarães - 06/08/2018 11h12

Aprendemos quando ouvimos. Mas será que sempre que estamos escutando alguém estamos ouvindo?

Nem sempre.

Muitas vezes quando estamos em um debate, uma discussão com pontos de vista divergentes, temos o mal hábito de não refletir sobre o argumento do outro. Brigamos mentalmente com o bom censo e enquanto o outro fala nós reservamos todo aquele tempo para mentalmente articular um contra-ataque “lacrador” ao argumento que você mal ouviu. Que feio… Isso acontece com você? Acredite, você não está sozinho nessa.

Você pode ser muito inteligente se conseguir apenas calar a boca e ouvir.

O escritor e psicólogo Carl Rogers dizia que “a grande maioria de nós não é capaz de escutar; sentimo-nos obrigados a julgar, pois escutar é muito perigoso. O primeiro requisito é a coragem, e nem sempre a temos”. Carl tem razão.

Você já sabe o que sabe. E, acredite isso não é suficiente. Por definição, se não se considera perfeito (e espero que não) você sempre terá algo a aprender.

É preciso respeitar a experiência pessoal dos seus parceiros de conversa. Às vezes, aprender com um interlocutor pode ser a sua única forma de evitar a dor de aprender pessoalmente.

Temos como impulso buscar validar apenas o que já sabemos, consideramos a nossa verdade uma verdade universal, e ela não precisa da validação de ninguém. Mas isso, quase sempre, é um erro. A reflexão é sempre salutar, escutar atentamente seu interlocutor, buscando aprender coisas novas, com boa vontade e simplicidade é o melhor caminho para uma vida de sabedoria.

Precisamos refletir o que aquela informação nova nos trouxe. Será que a mesma pode mudar meu ponto de vista?

Mova-se para o campo da reflexão, ele amplia horizontes, exclui você da zona de conforto e é o espaço adequado para consolidar seu ponto de vista com mais embasamento ou trazer nova óticas que possivelmente você não avaliou no passado.

Não deseje estar certo. Deseje a verdade, sempre a verdade. Ouça!

Fábio Guimarães é economista, formado pela UFRRJ com MBA em Gestão de Negócios pelo IBMEC-RJ. Palestrante, consultor e debatedor, atuou por mais de 10 anos como gestor nas áreas de trabalho e renda e desenvolvimento econômico.