#juntoemisturado

Todos nós juntos e misturados, com nossos dons, suor e disposição podemos construir um país melhor.

Fábio Guimarães - 05/11/2018 14h44

Precisamos unir o Brasil. Com esta frase, o presidente eleito Jair Bolsonaro tenta, aos poucos, juntar os cacos desta conturbada disputa eleitoral e reconstruir uma nação devastada pela corrupção, pelo desemprego e pela ineficiência das políticas públicas, básicas de saúde, de educação e de segurança. Definitivamente, não será uma tarefa fácil.

Ele, agora como presidente eleito, precisa governar para todos os brasileiros. A maioria venceu. Agora, respeitando sempre as garantias constitucionais, culturais e humanitárias de todos, precisamos lançar as bases para um desenvolvimento social que melhore a qualidade de vida das pessoas.

Dizem que a melhor época de um político vencedor é o tempo entre a vitória e sua posse. Faz sentido. Quando Bolsonaro adentrar a rampa do Planalto Central, ele deixa de ser visto como um outsider (mesmo com 28 anos na política, a população enxergou nele uma opção nova de comando para a nação) e passa a ser um integrante do sistema político, ou melhor, o integrante máximo do sistema político vigente.

Acaba a lua de mel. É tempo de muito trabalho e decisões difíceis, mas importantes para o país. Ele precisa se cercar de pessoas competentes e honestas para assim conseguir governar para todos com eficiência e com eficácia. Seus primeiros ministros agradaram a grande maioria da população. É um começo, um belo começo.

Agora, todos nós precisamos orar e agir no sentido de ajudar o Brasil a se tornar um país melhor. Como dizem os jovens na Internet, estamos #juntoemisturado.

Independente de como foi o seu voto nas urnas, vamos ajudar o Brasil com nossos dons e com nossa disposição de contribuirmos com uma sociedade justa e igualitária. Que Deus nos capacite a cada dia mais e mais para esse imenso desafio.

Vamos em frente!

Fábio Guimarães é economista, formado pela UFRRJ com MBA em Gestão de Negócios pelo IBMEC-RJ. Palestrante, consultor e debatedor, atuou por mais de 10 anos como gestor nas áreas de trabalho e renda e desenvolvimento econômico.
  • Adicione nosso número de WhatsApp: +55 (21) 97150-9158 e envie sugestões direto para a redação.