Leia também:
X O Brasil vive o maior processo de transição religiosa do mundo

A guerra das vacinas contra a Covid-19

O brasileiro quer é uma vacina segura, eficaz, gratuita e disponível na rede pública

Fábio Guimarães - 21/10/2020 17h22

Vacina contra Covid é uma parceria entre São Paulo e China Foto: Divulgação

O governador de São Paulo, João Doria, trabalha dia e noite para que a vacina chinesa Coronavac seja implementada no Brasil. Primeiro o governador apoiou financeiramente e tecnicamente o laboratório chinês Sinovac que faz os estudos sobre a eficácia da vacina. A testagem ainda está em fase de estudos no Brasil e no mundo, ainda assim o governador já alardeia aos quatro cantos que a vacina em SP será obrigatória e ocorrerá em tempo recorde.

Existe no momento um grande imbróglio do Governo de SP com o Governo Federal, seja pela obrigatoriedade ou não da vacina para os cidadãos, seja pela aquisição desta vacina por parte do Governo Federal.

Dória quer que todo cidadão paulista ou paulistano seja obrigado a tomar a vacina chinesa. Bolsonaro, por sua vez, já disse que no Brasil não existe legislação que obrigue as pessoas a “serem cobaias” de quem quer que seja.

Do ponto de vista da aquisição da vacina chinesa os defensores da mesma tentaram que o Ministro da Saúde, general Pazzuelo, afiançasse a necessidade de compra da mesma. Por sua vez, o presidente Bolsonaro já entrou em campo afirmando que seu governo não tem condições de investir bilhões de reais em uma vacina sem comprovação científica no país. A comprovação, dentre outras etapas, precisa ser feita pelo próprio Ministério da Saúde e também pela Agência de Vigilância Sanitária – ANVISA.

O Ministério da Saúde afirmou que assinou protocolo de intenções, uma “carta compromisso” para possível aquisição de vacinas com este e outros laboratórios, porém após a comprovação científica de sua eficácia.

O Brasil vivencia atualmente uma guerra de versões. Os fatos, algo que realmente importa, está em segundo plano. Uma pena, mortes acontecem todos os dias por essa infeliz doença, precisamos de menos politicagem e mais amor com o ser humano. O que o brasileiro quer é uma vacina segura, eficaz, gratuita e disponível na rede pública de saúde para todos.

Fábio Guimarães é economista, formado pela UFRRJ com MBA em Gestão de Negócios pelo IBMEC-RJ. Palestrante, consultor e debatedor, atua há mais de 15 anos como gestor nos poderes Executivo e Legislativo, com ênfase nas áreas de trabalho, renda e desenvolvimento econômico.
* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.