Coluna Ellen Sarmento: Recuperando os valores da família – parte 1

O que sumiu dentro de casa?

Ellen Sarmento - 12/01/2018 09h30

Queridos leitores do Pleno.News, quero, neste início de 2018, inaugurar uma série muito especial com vocês. Acompanhem os próximos posts onde pensaremos juntos sobre recuperar os valores familiares. Serão dicas para que vocês possam crescer em seus relacionamentos e acima de tudo terem mais qualidade de vida emocional e familiar.

O primeiro aspecto que quero destacar, hoje, é sobre o afeto, o carinho. Mas o principal: o que a ausência dele pode gerar em nossa convivência familiar.

O que é carinho?
O carinho é o amor palpável. O carinho também são os gestos que tocam os relacionamentos através de um beijo, do abraço gostoso de alguém e do nutrir a alma do outro com palavras que constroem.

O carinho surge quando pais, filhos e companheiros se divertem juntos, trilham caminhos juntos, compartilham refeições juntos e estimulam um ao outro ao crescimento juntos.

Quantos estão buscando carinho, afeto e atenção porque não o encontram em sua própria casa? Algumas pessoas passam miséria emocional e ausência de afeto em casa e, por isso, se sujeitam a relacionamentos virtuais ou tóxicos. Também, muitas vezes, se submetem a companhias que não agregam valor nenhum, somente para se sentirem pertencendo a algo ou a alguém.

Meu desejo é que possamos iniciar um novo ciclo em nossos relacionamentos. Que possamos avaliar se temos mais prazer na virtualidade do que na realidade. Lembre-se que a vida real é feita de momentos que nunca mais voltarão. Desejo também que possamos atentar para o carinho, o afeto diário e que este seja uma realidade crescente em nosso trato com nossa família.

Até a próxima!!!

Ellen Sarmento é psicóloga clínica e palestrante, com formação em terapia sistêmica familiar pela Núcleo Pesquisas. Especializada em atendimento familiar e de casal. Capacitada pelo Ackerman Institute, em Nova York, e pelo Instituto Bowen, em Washington.