A família e suas variações

As mudanças sociais e culturais trouxeram a existência de diferentes estruturas familiares gerando muitas variações

Ellen Sarmento - 25/05/2018 10h52

Queridos leitores do Pleno.News, desejo no post, de hoje, trazer um tema muito interessante, quero falar sobre o conceito de família.

Como esse conceito possui algumas variações, o mais importante é que a gente conheça e aprenda sobre essas variações para que seja possível, a cada dia, nos relacionarmos cada vez mais de forma saudável e equilibrada.

Além da estrutura tradicional familiar denominada nuclear ou elementar, as mudanças sociais e culturais influenciaram e muito as famílias. Foi assim que passou a existir diferentes estruturas familiares, vamos então conhecer algumas delas:

FAMÍLIA MONOPARENTAL
É a família composta por apenas um dos progenitores: pai ou mãe. As razões que possibilitam essa estrutura são as mais variadas. Englobam causas circunstanciais (morte, abandono ou divórcio) ou ainda, a decisão (na maior parte dos casos, uma decisão da mulher) de ter um filho de forma independente.

FAMÍLIA CONTEMPORÂNEA
É a família caracterizada pela inversão dos papéis do homem e da mulher na estrutura familiar, quando a mulher passa a ser a chefe da família. Esse tipo de família abrange a família monoparental, constituída por mãe solteira e divorciada.

FAMÍLIA COMUNITÁRIA
Nessa estrutura, todos os membros adultos que constituem o agregado familiar são responsáveis pela educação das crianças.

Príncipe Harry e Meghan Markle com a família real Foto: Reprodução/Alexi Lubomirski

FAMÍLIA REAL
Essa família é constituída pelo soberano (um rei ou uma rainha) e todos os seus descendentes. Os membros de uma família real são figuras importantes e desfrutam de determinados privilégios na nação que representam.

FAMÍLIA MATRIMONIAL
A família que é formada pelo ritual do casamento.

FAMÍLIA INFORMAL
É a família formada pela união estável de um casal.

FAMÍLIA ANAPARENTAL
O prefixo Ana significa sem. Ou seja, esse tipo de família é aquela sem pais, constituída apenas por irmãos.

FAMÍLIA RECONSTITUÍDA
É a família na qual pais que tem filhos e se separam e, eventualmente, começam a viver com outra pessoa que também possui filhos de outros relacionamentos formando uma nova família.

FAMÍLIA UNIPESSOAL
Essa é a família de uma pessoa só. Para visualizar tal situação devemos pensar em impenhorabilidade de bem em família. O bem de uma família pode pertencer a uma única pessoa, uma senhora, por exemplo.

FAMÍLIA PARALELA
É a família que se enquadra naqueles casos em que uma pessoa mantém duas relações ao mesmo tempo. Ou seja, é casado e mantém uma união estável com outra pessoa. Ou ainda mantém duas uniões estáveis ao mesmo tempo.

Espero que as sementes de conhecimento aqui compartilhadas possam ser multiplicadas. E que esse conhecimento gere saúde emocional, relacional e psíquica em cada um de vocês.

Abraços,

Ellen Sarmento é psicóloga clínica e palestrante, com formação em terapia sistêmica familiar pela Núcleo Pesquisas. Especializada em atendimento familiar e de casal. Capacitada pelo Ackerman Institute, em Nova York, e pelo Instituto Bowen, em Washington.