Orgulho e preconceito dificultam os relacionamentos amorosos

Minha dica é de um livro clássico, atemporal, que há mais de 200 anos encanta leitores e influencia escritores

Ellem Barboza - 19/07/2018 11h24

Olá, leitores do Pleno.News, tudo bem? Prontos para mais uma viagem através de uma boa história?

Bem… minha dica literária de hoje é um dos meus livros favoritos da vida. O romance clássico Orgulho e Preconceito, de Jane Austen. Esse livro é um clássico atemporal que há mais de 200 anos vem conquistando leitores pelo mundo e inspirando toda uma geração de escritores.

Sobre a história:

“É verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro em posse de boa fortuna deve estar necessitado de esposa.” É com essas palavras que a autora inicia Orgulho e Preconceito.

Por aí, você já percebe o que a trama traz. A história mostra o lar dos Bennet, família com não menos que cinco noivas em potencial: Jane, Elizabeth, Mary, Kitty e Lydia. Outro momento do livro é a chegada à cidade do sr. Bingley e o sr. Darcy, dois jovens distintos. As moças ficam em alerta, pois eles são solteiros, bonitos e, claro, donos de uma boa fortuna.

O tempo revela que sr. Bingley é sociável, sendo logo bem aceito por todos; mas o sr. Darcy é contido e bem na dele. Entre Elizabeth e o sr. Darcy se estabelece um relacionamento difícil, que no fundo esconde um um grande encantamento. (A história desse casal é uma das mais famosas da literatura mundial).

Orgulho e Preconceito poderia ser uma típica história de amor mas, nas mãos de uma das escritoras de língua inglesa mais difundidas pelo mundo, é um espetáculo de grandes personagens e diálogos sagazes, com um timing perfeito para a ironia. Jane Austen tem uma escrita bem-humorada e repleta de ironias e críticas sutis à sociedade da época.

Nesse livro, podemos conhecer melhor os costumes e tradições do século 19 e nos deparamos com uma protagonista forte, com espírito independente e com a mente bem à frente do seu tempo, Elizabeth.

Orgulho e Preconceito nos traz uma mensagem muito importante sobre não julgar pelas aparências e não permitir que o orgulho interfira nas suas opiniões e atitudes.

Essa foi a dica de hoje, eu espero que vocês tenham gostado e que leiam esse livro tão especial.

Um beijo e até a próxima!

Ellem Barboza é médica, formada pela Universidade Federal de Pernambuco. É uma cristã apaixonada por livros desde a infância e acredita que boas leituras podem nos transformar em pessoas melhores. Em função de sua paixão literária é dona do Colecionando Primaveras, uma movimentada página no Instagram onde compartilha dicas e opiniões sobre livros.