Crianças sobrevivendo em tempos de guerra

Se você gosta de livros emocionantes, tenho duas dicas fabulosas!

Ellem Barboza - 05/10/2018 12h21

Olá, leitores do Pleno.News, tudo bem com vocês?

Fiquei aqui pensando em algo e quero dividir… Você gosta de livros emocionantes, que também nos fazem refletir sobre a vida?

Se a sua resposta for sim, eu tenho duas dicas de livros que você precisa ler! Os dois envolvem crianças e a Segunda Guerra Mundial. E eu tenho certeza que são histórias que vão tocar o seu coração.

O primeiro livro é O Menino do Pijama Listrado, do John Boyne, editora Companhia das Letras. Esse livro é bem conhecido, inclusive inspirou um filme de mesmo nome que fez e ainda faz o maior sucesso no mundo inteiro.

Sinopse:

“Bruno tem 9 anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz ideia de que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e se mudar para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer.

Da janela de seu quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai.

O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável”.

Eu acho praticamente impossível você terminar de ler O Menino do Pijama Listrado sem se emocionar com a sensibilidade dessa história. O livro é todo narrado pelo ponto de vista do Bruno e o que mais me chamou atenção foi o contraste entre a inocência da criança e o horror dos acontecimentos.

E, a coisa mais linda mesmo é a amizade entre o Bruno e Shmuel, cheia de pureza, um verdadeiro refúgio para os dois e uma lição sobre enxergar os outros sem nenhum preconceito.

A segunda dica de livro é Os Meninos que Enganavam Nazistas, um relato autobiográfico do Joseph Joffo, publicado pela editora Vestígio.

Sinopse:

“Paris, 1941. O país é ocupado pelo exército nazista e o medo invade as casas e as ruas francesas. O poder de Hitler se mostra absoluto e brutal na França… É durante um dos períodos mais turbulentos da História que a emocionante narrativa de Joseph e Maurice se desenrola. Eles são irmãos judeus de 10 e 12 anos de idade que perambulam sozinhos pelas estradas, vivendo experiências surpreendentes, tentando escapar da morte e em busca da zona livre para ganhar a liberdade.

Essa é uma história real, autobiográfica, cuja espontaneidade, ternura e humor comprovam o triunfo da humanidade e da empatia nos momentos mais sombrios, quando o perigo está sempre à espreita”.

A história é narrada pelo ponto de vista de uma criança, e por isso tem uma suavidade e sensibilidade. Mas ao mesmo tempo, nos deixa com aquele aperto no coração ao imaginar todas aquelas coisas pelas quais eles precisaram passar, quando muitas vezes nem entendiam o que estava acontecendo. É um livro lindo, de certa forma, pesado, porém muito necessário.

Bom, essas foram as minhas dicas pra hoje. Me contem o que acharam.

Beijos e até a próxima!

Ellem Barboza é médica, formada pela Universidade Federal de Pernambuco. É uma cristã apaixonada por livros desde a infância e acredita que boas leituras podem nos transformar em pessoas melhores. Em função de sua paixão literária é dona do Colecionando Primaveras, uma movimentada página no Instagram onde compartilha dicas e opiniões sobre livros.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Envie sugestões por WhatsApp
+55 (21) 97150-9158