Verdades pessoais

Todas as pessoas hoje têm sua própria teoria sobre tudo, e muitas acreditam que suas verdades devem ser compartilhadas com os outros

Elaine Cruz - 17/05/2018 15h31

Cada vez mais o conceito de verdade está esvaziado. As verdades absolutas foram sendo transformadas em verdades relativas, que se mostravam verdadeiras ou falsas dependendo da situação externa ou de determinados pontos de vista ideológicos. E hoje estamos vivenciando o processo de encontrar as verdades pessoais, diferenciadas de uma pessoa para outra.

Um exemplo prático e simplificado: se a verdade absoluta afirma que devemos respeitar todas as pessoas, a verdade relativa diz que devemos respeitar quem nos respeita, e a verdade pessoal sinaliza que devo respeitar quem eu quiser.

Assim, passamos do universal para o particular, do social ao individual, onde o que o eu acha ou conceitua tem peso maior do que as regras e os valores sociais.

Todas as pessoas hoje têm sua própria teoria sobre tudo, e muitas são as que fazem questão de pensar que, como adotaram certas técnicas e atitudes como suas verdades e escolhas de vida, podem compartilhar com outras, sem se importarem com as consequências alheias.

O que não falta são tutoriais sobre maquiagem, comida, educação de filhos e casamento. E também sobre como se suicidar, como destruir o casamento alheio, como trair sem que o cônjuge saiba, como subir numa empresa sem se preocupar com o respeito aos concorrentes, ou como desenvolver anorexia e bulimia.

Para aqueles que não mais acreditam em verdades absolutas, e ainda não “encontraram” as suas, assumir as verdades de outros pode ter consequências graves. Acredite: há muitos seguidores em sites para ensinar e doutrinar futuros suicidas ou terroristas!

A Bíblia trabalha com verdades absolutas sobre Deus, salvação, pecado, vida social, profissional e emocional. São verdades que devem embasar todos os outros conceitos de vida, e são atemporais e universais, adequadas a todas as pessoas, épocas e sociedade. Estas estão sendo abandonadas, cada vez mais substituídas por verdades relativas e pessoais, tornando nossas sociedades caóticas, formando pessoas mesquinhas, hedonistas, egoístas, amantes de si mesmas, tragicamente perdidas e confusas em meio a tantas verdades pessoais pregadas.

Jesus declara que Ele é a Verdade. Precisamos, urgentemente, voltar aos absolutos da Bíblia!

Elaine Cruz é pastora no Ministério Fronteira, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro; Psicóloga clínica e escolar, especializada em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade; Mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense; palestrante e conferencista internacional, com trabalhos publicados no Brasil e no exterior; Mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA); e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil, com oito livros publicados.