Refazendo pontes

As últimas eleições dividiram o país. Mas considere voltar a conversar e a resgatar relacionamentos importantes

Elaine Cruz - 08/11/2018 09h40

As últimas eleições dividiram o país. Conceitos e ideologias foram amplamente discutidas – o que não significa, consequentemente, que foram bem explicitadas, pois muitos conceitos foram mal definidos ou intencionalmente desvirtuados.

A verdade é que muitas amizades foram repensadas, e muitos amigos e parentes romperam relacionamentos que aparentavam ser estáveis. Algumas dessas relações se mostraram frágeis, e terminá-las seria só um fator temporal. Mas outras são importantes, especialmente com a parentela, que se reencontra nos casamentos, aniversários e funerais ao longo da vida.

Alguns conceitos e valores são particulares, e é importante defendê-los em momentos cruciais da vida pessoal e política. Mas quando a urgência passa e a situação se define, é importante repensar que vínculos relacionais precisam ser refeitos. Irmãos não devem seguir brigados porque votaram de forma oposta. Da mesma forma, pais e filhos devem reconsiderar o afeto apesar de diferenças ideológicas.

Algumas pontes se romperam, e não necessariamente vão ser refeitas. Mas considere voltar a conversar sobre assuntos triviais com sua parentela. Apareça nos casamentos e marque presença nos aniversários, chegando sorridente e agindo com sabedoria para não discutir sobre assuntos passados que podem gerar discussões e dissabores.

Reorganize seus valores, realinhando seus conceitos com as verdades bíblicas, e refaça suas relações afetivas importantes.

Elaine Cruz é pastora no Ministério Fronteira, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro; Psicóloga clínica e escolar, especializada em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade; Mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense; palestrante e conferencista internacional, com trabalhos publicados no Brasil e no exterior; Mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA); e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil, com oito livros publicados.
  • Adicione nosso número de WhatsApp: +55 (21) 97150-9158 e envie sugestões direto para a redação.