Celebre a vida!

Eleja suas próprias datas, celebre suas datas importantes, comemore os feitos

Elaine Cruz - 06/12/2018 09h00

A vida é marcada por datas, boas ou ruins, como a de nascimento, casamento, aniversário dos filhos e do cônjuge, de formaturas e de viagens inesquecíveis, ou da morte de um ente querido.
No nosso cotidiano, de forma organizada ou informal, datamos nossas atribuições e organizamos nossa rotina.

As datas nos ajudam a perceber o ano passando, mas também evidenciam a importância de pessoas e eventos. A maioria delas não deve ser esquecida, mas celebrada com empenho. Aniversários e conquistas devem ser celebrados, assim como a data do casamento precisa ser comemorada – o mínimo a fazer é organizar uma celebração a dois, desfrutando da intimidade sexual, e relembrando os atos de amor, grandes e pequenos, vivenciados na história escrita a dois.

A sociedade estabelece algumas datas a serem celebradas, como o Natal, o dia dos pais, das mães, das crianças e dos namorados. Mas eleja suas próprias datas, e celebre suas datas importantes.
Comemore os feitos. Agradeça a Deus o privilégio de poder contar o tempo, de poder partilhar suas conquistas com quem você ama, e por assistir seus filhos e netos estruturarem seus próprios marcos.

Celebre o Natal e o findar do ano com harmonia, e prepare-se para continuar celebrando a vida ao longo dos nos que virão!

Elaine Cruz é pastora no Ministério Fronteira, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro; Psicóloga clínica e escolar, especializada em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade; Mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense; palestrante e conferencista internacional, com trabalhos publicados no Brasil e no exterior; Mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA); e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil, com oito livros publicados.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Envie sugestões por WhatsApp
+55 (21) 97150-9158