CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Quando alguém assume publicamente a depressão

Tá amarrado, em nome de Jesus

Existe sim, uma base bíblica para dizer que o diabo está amarrado

Edvaldo Oliveira - 22/09/2019 08h00

Marcos 3: 27 – Ninguém pode entrar na casa do valente para roubar-lhe os bens, sem primeiro amarrá-lo; e só então lhe saqueará a casa.

Uma das expressões mais comuns usadas no meio cristão evangélico e até entre alguns católicos é “Está amarrado em nome de Jesus”. Embora muitas vezes seja usada sem nenhum conhecimento, e de forma até pejorativa, a verdade é que existe sim, uma base bíblica para dizer que o diabo está amarrado, como lemos nesse texto.

Primeiro temos que considerar que Jesus, quando ia expulsar demônios, não os amarrava, ele os mandava sair. Nesse texto de Marcos, Jesus usa uma metáfora de um assalto na casa de um homem valente, dizendo que para roubar teríamos que primeiro amarrar o valente. Ele estava sendo acusado pelos escribas de ser um príncipe dos demônios, e diziam que por isso ele conseguia expulsá-los. Jesus utiliza esta analogia para demonstrar que não fazia sentido expulsar demônios, se ele mesmo fosse um demônio ou estivesse do lado dos demônios, agindo sob o poder maligno deles. Isso seria uma contradição.

Quando Jesus veio pela primeira vez, o mundo estava dominado pelo mal, mas Cristo veio para desfazer as obras do diabo, para libertar os cativos. E com o seu poder, Jesus amarrou o diabo, no sentido de sujeitá-lo e impedir que ele continuasse agindo livremente como era antes. Satanás está amarrado, ou seja, impedido de cegar as pessoas em relação ao Evangelho, e de crerem em Jesus.

É correto dizer, portanto, que o diabo está amarrado, pois ele, de fato, já foi vencido por Jesus na cruz do calvário. É incorreto dizer: “Eu te amarro, em nome de Jesus”, porque não somos nós que o amarramos. O que podemos fazer é expulsá-lo e repreende-lo, pois a autoridade nos foi delegada pelo próprio Jesus Cristo. Não podemos atribuir tudo ao diabo, mas também é um erro subestimá-lo, pois muitas coisas que acontecem na nossa vida ou na nossa família são por força de uma influência maligna.

Oração

Pai, nós te damos graças porque o Senhor se preocupa conosco, e por causa do seu amor o Senhor nos deu autoridade sobre os espíritos malignos. Nos ensine a usar corretamente o nome de Jesus, nos faça enxergar com olhos espirituais a ação do inimigo, e repreender todo mal que estiver nos ameaçando. Cubra-nos com o seu sangue. Eu oro em nome de Jesus, amém.

Edvaldo Oliveira é coordenador e idealizador do Ministério Minuto com Deus. É formado em Teologia Ministerial pelo Seminário Cristo para as Nações e em Administração de Empresas. Mora em Belo Horizonte e congrega na Igreja Batista Videira.

ACOMPANHE O MINUTO COM DEUS NO YOUTUBE


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo