Leia também:
X Quando vivemos uma mentira

Restaurando a confiança

A quebra da confiança é a quebra da expectativa

Edvaldo Oliveira - 19/07/2021 07h00

“Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir?” (Números 23:19 NVI)

Uma vez que nossa confiança é quebrada, dificilmente ela é restaurada. A quebra da confiança é a quebra da expectativa, pois criamos expectativas em relação a uma situação ou a uma pessoa e, quando essas expectativas não são correspondidas, nós nos frustramos.

Quantas vezes nós nos decepcionamos profundamente com alguém só porque essa pessoa não agiu como nós pensávamos que ela agiria ou não disse o que gostaríamos de ouvir em determinado momento? A mesma coisa acontece conosco em relação a Deus, pois muitas vezes nos frustramos diante de situações que não estão sob nosso controle e culpamos Deus por elas.

Quando passamos por várias experiências desse tipo, nós criamos uma barreira à nossa volta e nos tornamos pessoas inalcançáveis, que desconfiam de tudo e de todos.

Quantas vezes nós dizemos “se está fácil demais, eu começo a desconfiar”? Falamos isso até mesmo em forma de brincadeira, mas, no fundo, frases como essa escondem a verdade dolorosa de que nossa confiança está abalada.

Com a confiança quebrada, nós temos muita dificuldade de viver em paz, pois estamos sempre procurando por segundas intenções, esperando algo dar errado e cogitando que as pessoas não estão sendo sinceras com a gente. Achamos que toda pessoa que se aproxima de nós é por interesse e que a maioria está apenas esperando o momento exato para puxar o nosso tapete.

Uma confiança abalada faz com que duvidemos até mesmo de nossa própria capacidade de fazer as coisas. Muitos executam seu trabalho e fazem isso de forma incrível, pois estudaram para isso e têm bastante prática, mas estão tão abalados em sua autoconfiança que, quando são elogiados, não conseguem acolher o elogio seja por não se acharem digno dele ou, talvez, por não acreditarem que seja verdadeiro.

É tempo de restaurarmos a nossa confiança em Deus. As coisas não acontecem sempre do jeito que nós queremos. Contudo, isso não significa que Deus não está no controle de todas elas. E quem somos nós para duvidar do Senhor? Como é dito em Números 23:19, Deus não é como nós, humanos. Ele não mente, não comete erros nem age de forma infiel; ao contrário, Ele cumpre as Suas promessas.

Quem sabe eu e você estejamos projetando experiências ruins com pessoas em Deus e vivendo com a nossa confiança abalada por isso.

Deus quer que você se lembre de onde você estava e até onde Ele o trouxe, para que entenda que não existem motivos para você não confiar Nele. Com a sua confiança no Senhor restaurada, a confiança em si mesmo também voltará, e você conseguirá se sentir mais seguro quanto à sua aparência, à sua capacidade e ao seu caminhar.

A confiança no Senhor manda embora toda insegurança que nos faz sentir incapazes. E quando sua confiança volta, você consegue relacionar-se de forma saudável com o seu próximo, em vez de ficar procurando por segundas intenções em todos os que se aproximam de você.

Uma vida com confiança em Deus nos traz paz e descanso para a alma!

Eu quero orar com você agora.

Deus, obrigado por Tua Palavra e por Teu amor. Perdoa-nos, pois, por estarmos tão quebrados por dentro, criamos uma barreira e deixamos de ter um relacionamento genuíno com o Senhor, com nosso próximo e com nós mesmos. A falta de confiança em Ti nos custou a nossa paz, pois, se não confiarmos em Ti, em quem confiaremos? Deus, restaura nossa confiança, pois o Senhor é o único digno de toda a nossa devoção e confiança. Restaura nossa autoestima, pois queremos enxergar-nos como o Senhor nos enxerga e queremos estar de cabeça erguida não para parecermos melhores do que outros, mas para podermos olhar o nosso próximo nos olhos e caminhar com as pessoas sem esperar o pior delas. Queremos confiar em Ti cada vez mais. Em nome de Jesus, oramos. Amém!

Edvaldo Oliveira é coordenador e idealizador do Ministério Minuto com Deus. É formado em Teologia Ministerial pelo Seminário Cristo para as Nações e em Administração de Empresas. Mora em Belo Horizonte e congrega na Igreja Batista Videira.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.