Leia também:
X Homens competindo como mulheres é o que as feministas chamam de violência simbólica

Perdendo para ganhar

O certo é que muitas vezes, para sermos vitoriosos, teremos que perder algumas coisas

Edvaldo Oliveira - 04/08/2021 07h00

Perdendo para ganhar Foto: Pixabay

“Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.” (1 João 5:4 ARC)

Buscamos uma vida de vitórias, uma vida de acertos, e tentamos caminhar sempre para frente. Acreditamos que alguém é vitorioso por aquilo que conquista, pelos seus títulos e por tudo que ganhou. Mas e se a vitória tiver muito mais a ver com o que alguém perde? E se o que torna alguém um vencedor for o fato de ele conseguir se livrar do que o impede de caminhar? O certo é que muitas vezes, para sermos vitoriosos, teremos que perder algumas coisas.

Carregamos conosco muitas coisas boas que adquirimos ao longo de nossa caminhada: os relacionamentos que construímos, a igreja onde fomos plantados, as coisas que aprendemos, os momentos alegres que tivemos, as experiências maravilhas que pudemos ter com o Senhor; enfim, é gigantesca a lista de coisas que valem a pena serem guardadas. Porém, infelizmente também carregamos conosco coisas que nos aprisionam: palavras malditas que foram proferidas contra nós, olhares de deboche que nos foram lançados, brigas com pessoas que amamos – brigas em que não só elas disseram palavras que nos feriram; nós também as machucamos com nossas palavras.

Muitos carregam também velhos hábitos que vêm desde antes de conhecerem ao Senhor e que, de tão comuns, tornaram-se parte de sua vida, de modo que até lhes parecem coisas naturais, como o ar que respiram. Outros estão presos em relacionamentos que os fazem viver apenas à sombra do que um dia foi uma boa parceria e sofrem o peso de ser emocionalmente dependentes de alguém. Enfim, essas coisas, que pesam sobre os nossos ombros e que nos mantém imóveis, são aquelas das quais precisamos aprender a abrir mão.

Um bom começo é sairmos um pouco da nossa própria cabeça, pois, às vezes, ficamos tanto tempo focados em nós mesmos que não conseguimos enxergar o Senhor se revelando à nossa volta. Mas, ao examinarmos a Palavra de Deus, nossa mente se enche das coisas que o Senhor disse, e essas coisas inundam nossa alma e nos fazem transbordar de amor, perdão, reconciliação e santidade.

Quando entramos na presença do Pai, perdemos uma série de coisas, e tudo aquilo que não é da vontade do Senhor para nossa vida vai ficando para trás, junto com toda culpa e todo remorso do passado. Ao perdermos todo esse peso, fica em nós um vazio que será preenchido com a presença de Jesus.

Deus não fará com que percamos algumas coisas sem deixar de preencher o espaço que elas irão deixar, pois Ele não faz as coisas pela metade. É tempo de deixarmos algumas coisas para trás, para podermos voltar a caminhar. É tempo de perdermos algumas coisas, para ganharmos a verdadeira vitória em Cristo.

Eu quero orar com você.

Deus, obrigado por Tua Palavra e por Teu amor. Senhor, perdoa-nos, pois carregamos conosco coisas das quais já deveríamos ter nos livrado há muito tempo. Além disso, insistimos em erros, em relacionamentos e em caminhos que não estão de acordo com a Tua Palavra. Ajuda-nos a abrir mão dessas coisas que não Te agradam. Estamos dispostos a perdê-las, para ganharmos a vitória em Ti; a vitória de pertencermos ao Senhor. É isso que Te pedimos em nome de Jesus. Amém.

Edvaldo Oliveira é coordenador e idealizador do Ministério Minuto com Deus. É formado em Teologia Ministerial pelo Seminário Cristo para as Nações e em Administração de Empresas. Mora em Belo Horizonte e congrega na Igreja Batista Videira.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.