Deus nos usa, apesar de nossas limitações

O diabo tem calado a boca de muitos, colocando em suas mentes a ideia de que a oração não tem nenhum efeito

Edvaldo Oliveira - 14/10/2018 08h33

“Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra” (Tiago 5: 17).

O capítulo 5 da carta de Tiago é uma passagem que fala sobre a oração. O apóstolo afirma em muitos momentos sobre a importância de orar, e declara como esse recurso divino deve ser usado por aqueles que creem em Jesus. Somos chamados por Tiago a sermos pacientes, resistentes, a termos nosso coração fortalecido, a passar pelos sofrimentos sem reclamar, e tudo isso só é possível com a prática da oração.

Tiago está nos dizendo que o centro da nossa resistência é a oração. O que acontece é que olhamos para as nossas limitações e para a nossa tendência ao pecado e com isso duvidamos do poder da
nossa oração. Saiba que o que respalda a nossa oração é o nome de Jesus. Não oramos baseados em nenhum mérito nosso ou em nenhuma qualidade que possa causar a admiração de Deus.

Vejo alguns cristãos orando da seguinte forma: “Senhor, se eu tenho algum crédito contigo…”. Essa é uma maneira errada de orar, pois não temos em nós mesmos nada que possamos apresentar a Deus como justificativa para que a nossa oração seja atendida.

Jesus disse em João 14 que tudo que pedirmos em nome Dele, Ele faria, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirmos alguma coisa em seu nome, Ele o fará.

E Tiago nos lembra do exemplo de Elias, um dos mais exaltados profetas usados por Deus, mas que, segundo ele, era um homem comum, sujeito às mesmas paixões que nós. O diabo tem calado a boca de muitos irmãos e irmãs, colocando em suas mentes a ideia de que suas oração não têm nenhum efeito. Não dê ouvidos à voz do inimigo. Ouça o que a Palavra de Deus diz sobre a oração. A sua oração tem poder, não por causa das suas qualidades, mas porque ela chega até Deus respaldada pelo nome de Jesus.

Não desista de orar, por você, pela sua família, pela nossa nação. Deus nos usa, apesar das nossas limitações, assim como usou o profeta Elias. Você é ungido, mesmo quando não se sente ungido. Mesmo quando você não sente a presença de Deus nos seus momentos de oração, tenha a certeza de que Ele está ao seu lado.

ORAÇÃO
“Pai, que esta mensagem chegue até aqueles que, por algum motivo, deixaram de clamar ao Senhor. Visita essa irmã e esse irmão que antes tinham prazer em estar na sua presença e oravam ao Senhor todos os dias, mas que por algum motivo se calaram, e não oram mais como antes. Que as vozes proféticas nesta nação se ergam novamente. Coloque em nós um desejo incondicional pela sua presença. Que o nosso tempo de oração não seja uma obrigação, mas sim a consequência natural de um relacionamento de intimidade com o Senhor.

Eu oro em nome de Jesus, amém”.

ACOMPANHE O MINUTO COM DEUS NO YOUTUBE.

Edvaldo Oliveira é coordenador e idealizador do Ministério Minuto com Deus de mensagens para a internet. É formado em Teologia Ministerial, Administração de Empresas e Marketing. Mora em Belo Horizonte e está à frente da Igreja Ministério Minuto com Deus.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo